Plano de recuperação judicial da Saraiva é aprovado

Acordo será levado para homologação na Justiça; rede de livrarias apresentou pedido de recuperação em novembro passado e listou dívida de R$ 675 milhões

São Paulo – A Saraiva anunciou nesta quinta-feira, 29, que seu plano de recuperação judicial foi aprovado e será levado para homologação da Justiça.

O plano envolve a companhia e sua controlada Siciliano, afirmou a empresa por meio de fato relevante.

Maior rede de livrarias do país, a Saraiva pediu recuperação judicial em novembro passado, após não conseguir acordo com fornecedores para renegociação de dívidas. A empresa listou no pedido débitos de 675 milhões de reais.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.