Petrobras contrata Nova Scotia para venda ativo na África

O valor dos campos de exploração de petróleo pode atingir cerca de US$ 3 bilhões, disseram as fontes
Petrobras: o processo de venda do ativo pode começar já no próximo mês (Mario Tama/Getty Images)
Petrobras: o processo de venda do ativo pode começar já no próximo mês (Mario Tama/Getty Images)
D
Dinesh Nair e Cristiane Lucchesi, da BloombergPublicado em 28/07/2017 às 15:33.

São Paulo/Londres - A Petrobras e o BTG Pactual contrataram assessores para auxiliar na venda da joint venture que controla campos de exploração de petróleo na África, cujo valor pode atingir cerca de US$ 3 bilhões, disseram pessoas familiarizadas com o assunto.

A Petrobras contratou o Bank of Nova Scotia, enquanto BTG contratou Evercore Partners como assessores e o processo de venda será feito conjuntamente, disseram as pessoas, que pediram para não ser identificadas porque as discussões são privadas.

O processo de venda do ativo pode começar já no próximo mês, disse uma das pessoas. A Petrobras e o Banco de Nova Scotia não responderam ao pedido de comentário. BTG e Evercore não quiseram comentar.