Negócios
Acompanhe:

Pequenos negócios foram responsáveis por 8 a cada 10 empregos criados em outubro

No acumulado de 2022, as micro e pequenas são responsáveis por 71,6% de novas contratações

 (Nuthawut Somsuk/Getty Images)

(Nuthawut Somsuk/Getty Images)

A
Agência Sebrae de Notícias

6 de dezembro de 2022, 10h30

Pelo décimo mês consecutivo, as micro e pequenas empresas apresentaram saldo positivo na geração de empregos no país. De acordo com levantamento realizado pelo Sebrae, com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do mês de outubro, os pequenos negócios foram responsáveis por cerca de oito a cada dez novas vagas de trabalho criadas no país.

Assine a EMPREENDA e receba, gratuitamente, uma série de conteúdos que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio.

O saldo positivo de empregos gerados pelas empresas de todo o porte no Brasil, em outubro, foi de 159.454, sendo que apenas os pequenos negócios criaram 125.114, ou seja, 78,5% do total.

“Os postos de trabalho criados, no Brasil, apresentam uma redução 41% quando comparado com a média mensal dos últimos 5 meses, mas apesar dessa queda, todos esses números estão em consonância com a queda da taxa de desocupação disponibilizada pelo IBGE. Atualmente, essa taxa está em 8,3%. Em Janeiro desse ano, ela era de 11,2%. Uma diminuição considerável de quase 3 pontos percentuais sendo os pequenos negócios os grandes responsáveis por essa redução e mostram que são essenciais para a economia brasileira”, ressalta o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Aplicativo permite MEI emitir nota fiscal de serviços eletrônica no celular; conheça

No acumulado de 2022, o Brasil já acumula 2,320 milhões de novos postos de trabalho. As micro e pequenas foram as grandes geradoras de emprego com 1,661 milhão (71,6%) novas contratações. A participação das médias e grandes na geração de empregos é de 22% com 513 mil contratações.

“O comparativo de 2021 com 2022 mostram cenários praticamente idênticos. Analisando apenas MPE e MGE, observa-se, em ambos períodos, as micro e pequenas empresas sendo responsáveis por aproximadamente 77% dos novos postos de trabalho gerados”, pontua o presidente do Sebrae.

68 franquias baratas para empreender a partir de R$ 6 mil em 2023

Setores

Em relação aos sete setores da economia analisados, apenas as micro e pequenas empresas apresentaram saldo positivo em todos. As médias e grandes empresas apresentaram saldo negativo na Construção Civil e na Extrativa Mineral.

No Serviços, o saldo de contratações dos pequenos negócios foi de 60,2 mil, mais do que o dobro das médias e grandes que aumentaram seus quadros em 29,1 mil novos contratados.

As contratações pelos pequenos negócios do Comércio também foram bem superiores: quase cinco vezes mais dos que as médias e grandes. Foram 39,1 mil contra 8,3 mil.

O que esperar da Reforma Trabalhista em 2023 — e os impactos nas pequenas empresas

No acumulado de 2022, nas MPE, do setor de Serviços, foram as que mais contrataram com 850.781 novos empregos, seguido pela Construção Civil, 274.679, e Comércio com 262.143. Nas MGE, Serviços também lidera com 327.511 novas contratações, seguido pela Indústria de Transformação, 176.161 novas contratações.