PayPal quer comprar concorrente para atrair varejistas

O serviço de pagamentos on-line está procurando comprar concorrentes para expandir seu negócio na maior economia da América Latina

	PayPal: pequenos varejistas foram responsáveis por 25% do PIB brasileiro
 (Getty Images)
PayPal: pequenos varejistas foram responsáveis por 25% do PIB brasileiro (Getty Images)
D
Denyse Godoy e Christiana SciaudonePublicado em 23/06/2014 às 23:27.

São Paulo - A unidade brasileira da PayPal Inc., um serviço de pagamentos on-line, está procurando comprar concorrentes para expandir seu negócio na maior economia da América Latina.

“Aquisições fazem parte da nossa estratégia, adoraríamos comprar alguém”, disse Mário Mello, diretor-geral da PayPal na região, em entrevista de São Paulo. A empresa ideal teria que ter uma “boa base de clientes para acelerar o nosso crescimento no pequeno e médio comércio”, disse ele.

Pequenos varejistas foram responsáveis por 25 por cento do PIB brasileiro no primeiro trimestre, segundo o IBGE. Há hoje cerca de 20 empresas de pagamentos on-line no Brasil que dão aos consumidores uma alternativa ao uso de cartões de crédito ou débito quando eles compram bens on-line, segundo Mello.

Ele não quis comentar se a PayPal está em negociação com alguma companhia, nem quando pretende fechar negócios.

As vendas varejistas no Brasil subiram 6,7 por cento em abril em relação ao ano passado, comparadas com uma mediana de previsões de 6,2 por cento, disse o IBGE em 12 de junho.