Pão de Açúcar registra prejuízo de R$ 29 milhões no 4º trimestre

Resultado consistiu em uma redução de 92,5% ante um resultado negativo de R$ 384 milhões no quarto trimestre de 2016

São Paulo - O Grupo Pão de Açúcar (GPA) reportou prejuízo consolidado de R$ 29 milhões no quarto trimestre de 2016, uma redução de 92,5% ante um resultado negativo de R$ 384 milhões no quarto trimestre de 2015. No acumulado do ano, a companhia registrou prejuízo de R$ 1,077 bilhão, ante os R$ 276 milhões de 2015.

O Grupo Pão de Açúcar destacou que as demonstrações financeiras de 2016 foram ajustadas de forma retrospectiva a partir de 1º de janeiro de 2015, em consequência do processo atualmente em curso de alienação da participação do GPA no capital da Via Varejo. Dessa forma, as atividades da Via Varejo estão tratadas como atividades descontinuadas.

O prejuízo consolidado do segmento alimentar foi de R$ 24 milhões, ante um lucro de R$ 242 milhões no mesmo período do ano anterior. No ano, o prejuízo somou R$ 133 milhões, ante lucro de R$ 541 milhões em 2015.

De outubro a dezembro de 2016, o Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) atingiu R$ 467 milhões, queda de 40,2% contra igual intervalo de 2015, que somou R$ 781 milhões.

No critério ajustado, o Ebitda ajustado foi de R$ 726 milhões, um decréscimo de 17% ante ps R$ 875 milhões. No total do ano de 2016, o Ebitda atingiu R$ 1,618 bilhão, queda de 30% ante os R$ 2,319 bilhões de 2015 e o Ebitda ajustado foi R$ 2,185 bilhões, recuo de 13,4% ante os R$ 2,524 bilhões do ano anterior.

A receita líquida no quarto trimestre de 2016 totalizou R$ 11,740 bilhões, alta de 12,1% ante os R$ 10,477 bilhões de 2015 e no acumulado de janeiro a dezembro do ano passado foi de R$ 41,454 bilhões, aumento de 11,4% ante os R$ 37,198 bilhões de 2015.

O GPA já publicou antecipadamente o resultado de vendas do trimestre. As operações de varejo de alimentos atingiram receita líquida de R$ 11,740 bilhões no quarto trimestre de 2016, montante 12,1% superior ao apurado no mesmo período do ano anterior.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.