Confira os 5 carros mais baratos do mercado brasileiro em 2020

Renault e Fiat se destacam entre as marcas que oferecem os modelos mais acessíveis

A pandemia gerou impactos negativos em toda a economia, mas as vendas de automóveis vêm se recuperando gradualmente. Em junho, os emplacamentos mais do que dobraram em relação a maio, um sinal de que existe uma demanda reprimida – ainda que restrita.

No mercado brasileiro, houve uma oscilação considerável de preços durante a pandemia, mas os modelos de entrada – conhecidos como carros populares – se mantêm entre os mais baratos do país.

Segundo levantamento da consultoria automotiva Jato Dymamics, os modelos mais acessíveis geralmente não oferecem itens como ar-condicionado e vidros elétricos de série, mas isso pode variar dependendo da versão.

 

Confira os 5 carros mais baratos do Brasil:

 

Renault Kwid 

A versão 1.0 Life do Kwid sai por 34.990 reais. Sem vidros elétricos nem ar-condicionado, o modelo é o mais básico possível. O famoso “carro pelado”. A potência é de cerca de 70 cv com seu motor de três cilindros.

 

Fiat Mobi

A versão mais básica do compacto Mobi, a Easy, está disponível a partir de 35.990 reais. Vidros e travas elétricas são opcionais e custam cerca de 2.200 a mais. Se o cliente quiser ar-condicionado, terá que comprar uma versão mais cara do modelo, pois no Mobi Easy não há essa alternativa nem como opcional.

 

Lifan 530

 (Lifan Motors/Divulgação)

Pouco conhecido, o modelo da marca chinesa promete espaço e conforto de um sedã por preço de hatch compacto: sai por 43.990 reais. O motor é 1.5 – único nessa faixa de preço -, mas a gasolina. O acabamento interno e o desempenho são itens a conferir, mas o pacote é atraente: tem ar-condicionado, trio elétrico, direção e banco do motorista com regulagem de altura, entre outros.

 

Fiat Uno

 (Fiat/Divulgação)

Um dos carros mais antigos do Brasil, o Uno passou por uma revolução há pouco mais de dez anos e continua entre os mais baratos do mercado. Sai a partir de 44.990 reais e oferece motor 1.0, com ar-condicionado de série.

 

Hyundai HB20 

 (Hyundai/Divulgação)

Na versão de entrada, motor 1.0 Sense, o HB20 custa 47.990 reais. Vem com ar-condicionado de série, direção elétrica, travas e vidros elétricos dianteiros. Como diferenciais, oferece itens como computador de bordo e banco do motorista com regulagem de altura.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.

Você já leu todo conteúdo gratuito deste mês.

Assine e tenha o melhor conteúdo do seu dia, talvez o único que você precise.

Já é assinante? Entre aqui.

Plano mensal Revista Digital

Plano mensal Revista Digital + Impressa

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis

R$ 15,90/mês

R$ 44,90/mês

Plano mensal Revista Digital

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

ASSINE

Plano mensal Revista Digital + Impressa

Acesse ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças + Edição impressa quinzenal com frete grátis.

ASSINE