Oi indica Rodrigo Abreu como novo presidente

Executivo vai assumir comando da empresa, que está em recuperação judicial, no fim de janeiro

A Oi anunciou hoje que Rodrigo Abreu será seu novo presidente. O executivo, que hoje é diretor de Operações, vai assumir o cargo máximo da tele carioca, em recuperação judicial, no dia 31 de janeiro de 2020. Ele assume no lugar de Eurico Teles, que deixará o cargo no fim de janeiro.

A mudança já era prevista no plano de recuperação judicial da companhia. A decisão, agora formalizada pelo Conselho de Administração da tele, foi informada a 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ), que acompanha o processo de recuperação da Oi.

Entre os desafios da Abreu está a venda de ativos da companhia. A Oi está prestes a fechar a venda de sua fatia na Unitel, empresa de telefonia de Angola. A expectativa é receber cerca de US$ 1 bilhão, segundo fontes. O recurso é essencial para que a Oi consiga manter seu plano de investimentos acordados com credores e justica.

Enquanto isso, a Oi vem tentando vender outros ativos, como torres, redes de fibra óticas e imóveis de forma a reforçar seu caixa. A meta da empresa é, ao todo, ter um reforço de caixa entre R$ 7 bilhões e R$ 8 bilhões.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.