Odebrecht pode produzir frango em Angola

Companhia tem projetos voltados para o agronegócio no país africano

	Usina da ETH, empresa de açúcar e álcool da Odebrecht: dívida elevada
 (Divulgação)
Usina da ETH, empresa de açúcar e álcool da Odebrecht: dívida elevada (Divulgação)
D
Daniela BarbosaPublicado em 02/09/2014 às 08:44.
São Paulo - Diversificação parece ser a palavra de ordem para as operações da <strong><a href="https://exame.com.br/topicos/odebrecht">Odebrecht</a></strong> na <strong><a href="https://exame.com.br/topicos/africa">África</a></strong>. Após dar início ao processo de produção de açúcar em <strong><a href="https://exame.com.br/topicos/angola">Angola</a></strong>, a companhia brasileira também estuda começar a produzir frango na região.</p>

De acordo com a Folha de S. Paulo, desta terça-feira, até o fim de 2014, a empresa pretende construir um complexo para a produção de carne de frango. O plantio de feijão não é descartado pela empresa.

A produção de açúcar pela Odebrecht Angola começou há uma semana e será feita com parceiros locais. 

Problemas

Embora tenha planos para a região, em Angola, a Odebrecht enfrenta acusações de trabalho escravo. 

Em junho, o Ministério Público do Trabalho, no Brasil, abriu processo contra o grupo exigindo indenização de 500 milhões de reais em um caso em que a companhia é acusada de promover trabalho escravo e tráfico internacional de pessoas no país africano.