A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Foco no cliente: Nubank compra plataforma de conversas Juntos Global

Aquisição de empresa de conversas automatizadas é a quarta do banco nos últimos 18 meses, e vem para reforçar a estratégia com foco na experiência do usuário dentro do aplicativo

O Nubank anunciou nesta quarta-feira, 4, a aquisição da empresa norte-americana de conversas automatizadas Juntos Global. A compra é uma aposta da maior fintech do Brasil em estar mais alinhada às necessidades reais de seus mais de 40 milhões de clientes.

Fundada em 2010, nos Estados Unidos, a Juntos Global atua como uma espécie de plataforma de conversas automatizadas e personalizadas. A intenção é criar diálogos mais assertivos entre empresas e seus clientes nos ambientes digitais, especialmente as do setor financeiro. Nos últimos 11 anos, a empresa levantou cerca de 7,4 bilhões de dólares em quatro rodadas de investimento.

No caso do Nubank, a Juntos Global vai ajudar no engajamento de todos os usuários com respostas personalizadas e ágeis. Segundo a empresa, isso vai em linha oposta ao que é oferecido pelo mercado, que ainda direciona tratamentos especiais apenas para clientes de alta renda.

Com a conclusão da aquisição, os times de tecnologia, design e conteúdo da Juntos Global passarão a integrar o time de funcionários do banco. O valor da transação não foi divulgado.

Em nota, a cofundadora do Nubank, Cristina Junqueira, afirmou que a aproximação com a empresa americana surge como uma resposta à crescente demanda por mais personalização dos serviços financeiros, e da compreensão de que cada usuário tem necessidades individuais. “Ao trazermos a plataforma Juntos Global e sua equipe para a nossa estrutura, queremos entregar aos nossos clientes uma experiência ainda mais completa e personalizada, com conversas sobre o que é mais importante para eles e possíveis soluções financeiras”, disse.

“Encontramos no Nubank, com seu propósito e plataforma 100% digital, uma grande  convergência de valores. O time está muito animado para, com nosso conhecimento e infraestrutura que desenvolvemos ao longo de mais de dez anos, estabelecer laços ainda mais fortes de confiança entre o Nubank e seus clientes para atender as aspirações de cada um deles de forma escalável”, destaca Ben Knelman, fundador e CEO da Juntos Global.

A revolução no Nubank

Essa é a quarta vez que o Nubank vai às compras em pouco mais de um ano. Em 2020, o banco anunciou a aquisição da corretora Easynvest como uma tentativa de expandir o portfólio de produtos de investimento. Antes disso, a empresa já havia comprado a Plataformatec, consultoria especializada em método ágil e em desenvolvimento e gerenciamento de produtos digitais. Pouco tempo depois, O Nubank concluiu a compra da Cognitect, de engenharia de software.

Junto de todas as aquisições, o banco está também em uma empreitada para ampliar os horizontes de sua atuação. Há menos de 1 mês, a empresa anunciou o recursos de transferência ao exterior, em uma parceria com a Remessa Online e, também em julho, lançou seu primeiro cartão de crédito com cashback  — de olho no público premium.

Quais são as tendências entre as maiores empresas do Brasil e do mundo? Assine a EXAME e saiba mais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também