Noble Group reporta prejuízo de US$1,75 bi no 2º trimestre

A Noble está diminuindo e focando drasticamente em seu negócio central de operação de carvão na Ásia após dois anos de crise

Singapura- A operadora de commodities Noble Group reportou um prejuízo de 1,75 bilhão de dólares para o segundo trimestre nesta quinta-feira, semanas após ter alertado que enfrentava seu mais acentuado prejuízo trimestral em um ano e meio e iria cortar empregos e vender ativos para reduzir a dívida.

Uma vez a maior operadora de commodities da Ásia, a Noble está diminuindo e focando drasticamente em seu negócio central de operação de carvão na Ásia após dois anos de crise.

No mês passado, a empresa anunciou a venda de seus negócios de gás e energia nos Estados Unidos e iniciou o processo para vender sua unidade de líquidos de petróleo.

Incluindo a perda de 130 milhões de dólares no primeiro trimestre, o prejuízo líquido da Noble para os seis primeiros meses do ano até o fim de junho totalizou 1,9 bilhão de dólares, o que inclui 1,3 bilhão de dólares de amortizações relativas à reavaliação de alguns de seus contratos de commodities de longo prazo.

A Noble também disse que a dívida líquida cresceu em 945 milhões de dólares no primeiro semestre, para 3,8 bilhões de dólares.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.