A página inicial está de cara nova Experimentar close button

News Corporation vende MySpace por US$ 35 milhões

Specific Media comprou a rede, por US$ 545 milhões a menos do que a News Corp havia pagado há seis anos

Los Angeles - A gigante das comunicações americana News Corporation vendeu a rede social MySpace à empresa Specific Media em uma operação avaliada em US$ 35 milhões, informa nesta quarta-feira o jornal "Los Angeles Times".

Com a venda, a News Corporation deixa de controlar a rede social que adquiriu seis anos atrás por US$ 580 milhões, quando era a mais popular da internet. O valor de mercado caiu bastante devido à popularização da rede social concorrente Facebook.

O acordo com a Specific Media, companhia dedicada ao marketing online, põe fim a uma das fases menos bem-sucedidas da história da News Corporation, que estava há algum tempo buscando um comprador para o site.

A mudança de proprietários provocou nesta quarta-feira o início de um processo de demissões anunciado em janeiro, que afetará cerca da metade dos 500 funcionários do MySpace.

O diretor-executivo da rede social, Mike Jones, anunciou em um memorando interno que abandonaria a empresa nos próximos dois meses.

Há dois anos, quando o Facebook superou o MySpace, este último contava com 1,4 mil funcionários.

A News Corporation adquiriu o MySpace em 2005 num momento em que a rede social tinha 20 milhões de usuários por mês nos EUA e conseguiu elevar esse número para mais de 76 milhões em outubro de 2008, mas a emergência de novos concorrentes acabou prejudicando o sucesso do MySpace.

Essa rede social conta ainda com 35 milhões de usuários por mês nos EUA, um número muito inferior aos 157 milhões do Facebook nos EUA, segundo dados da ComScore.

Calcula-se que o MySpace ganhará cerca de US$ 180 milhões em publicidade em 2011, uma quantia quase três vezes menor que os US$ 605 milhões que obteve em seus melhores momentos.

Nos últimos dois anos, a News Corporation buscou concorrer firme com o Facebook, mas saiu derrotada da batalha, o que motivou a redefinição do MySpace em outubro de 2010, tornando-se uma plataforma centrada exclusivamente na promoção de conteúdos audiovisuais e de entretenimento que poderia ser vinculada a outras redes sociais, como o Facebook.

A Specific Media, sediada no sul da Califórnia, tem a intenção de fazer o MySpace voltar a ser a rede social que era em sua origem, um site onde os fãs de música possam descobrir novas músicas e bandas.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também