Negócios

Nestlé vende unidade de doces nos EUA para Ferrero

A fabricante de Nutella e dos bombons Ferrero Rocher se tornará a terceira maior empresa de chocolate nos Estados Unidos e no mundo

Nestlé: a aquisição é uma chance da Ferrero para obter rapidamente escala e poder de negociação no mercado norte-americano (Getty Images/Getty Images)

Nestlé: a aquisição é uma chance da Ferrero para obter rapidamente escala e poder de negociação no mercado norte-americano (Getty Images/Getty Images)

R

Reuters

Publicado em 16 de janeiro de 2018 às 15h41.

Londres/Milão - O grupo suíço de alimentos Nestlé disse nesta terça-feira que venderá negócio de doces e confeitos dos Estados Unidos à italiana Ferrero por 2,8 bilhões de dólares, na primeira grande venda do presidente-executivo Mark Schneider e um pequeno passo no caminho para produtos mais saudáveis.

A unidade dos EUA, que abriga marcas locais para o mercado de massa como BabyRuth, Butterfinger e Crunch, tem apresentado desempenho abaixo de rivais há anos, sofrendo com a preferência dos consumidores por lanches mais saudáveis e marcas premium como Lindt.

Mas para a empresa italiana familiar Ferrero, a aquisição é uma chance para obter rapidamente escala e poder de negociação no mercado norte-americano, que tem sido sua principal prioridade.

A fabricante de Nutella e dos bombons Ferrero Rocher se tornará a terceira maior empresa de chocolate nos Estados Unidos e no mundo, de acordo com a Euromonitor International.

Acompanhe tudo sobre:ChocolateEstados Unidos (EUA)FerreroFusões e AquisiçõesNestlé

Mais de Negócios

Após crise de R$ 5,7 bi, incorporadora PDG trabalha para restaurar confiança do cliente e do mercado

Após anúncio de parceria com Aliexpress, Magalu quer trazer mais produtos dos Estados Unidos

De entregadores a donos de fábrica: irmãos faturam R$ 3 milhões com pão de queijo mineiro

Como um adolescente de 17 anos transformou um empréstimo de US$ 1 mil em uma franquia bilionária

Mais na Exame