Negócios

Natura&Co estima receita líquida de até R$ 49 bilhões em 2023

A companhia também calcula que a dívida líquida deve ficar igual ou menor que 1 vez o Ebitda dos 12 meses anteriores a 31 de dezembro de 2023

 (Germano Lüders/Exame)

(Germano Lüders/Exame)

R

Reuters

Publicado em 16 de abril de 2021 às 11h21.

A Natura&Co estima receita líquida consolidada entre 47 bilhões e 49 bilhões de reais no ano de 2023, quando a margem Ebitda deve ficar entre 14% a 16%, de acordo com projeções divulgadas pela fabricante de cosméticos à Comissão de Valores Mobiliários nesta sexta-feira.

A companhia, que realiza nesta sexta-feira evento com analistas e investidores, também calcula que a dívida líquida deve ficar igual ou menor que 1 vez o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) dos 12 meses anteriores a 31 de dezembro de 2023.

O grupo revisou projeção de sinergias com a combinação de negócios com a Avon e agora espera capturar gradualmente, no período de 2020 a 2024, sinergias operacionais entre 350 milhões e 450 milhões de dólares em bases recorrentes anuais (considerando taxa de câmbio de 1 dólar para 5 reais).

A Natura&Co disse que o valor estimado não compreende os custos não recorrentes para a implementação das iniciativas atreladas a essas sinergias, calculados em aproximadamente 230 milhões de dólares para o período de 2020 a 2024.

Acompanhe tudo sobre:AvonBalançosCVMLucroNatura

Mais de Negócios

Morre Paulo Fernando Fleury, um dos ícones da logística empresarial no país

Franquia de sucesso: como a Domino’s transformou um empréstimo de US$ 900 em um negócio bilionário

Sob nova gestão, iFood prepara investimentos em startups e mira verticais de mercado e de benefícios

Colaboração entre Dell e Microsoft facilita a vida de empresas na gestão do ambiente multicloud

Mais na Exame