Negócios
Acompanhe:

Na hora do jogo do Brasil e de madrugada, lojas dão descontos para turbinar vendas

Supermercados, varejo de moda e de eletroeletrônicos costumam oferecer promoções das 18h às 8h. E decidiram aproveitar o horário das partidas da Copa para fazer ofertas

Varejo: As ofertas na virada do dia eram comuns às companhias aéreas, mas agora outros setores aproveitam essa estratégia (Germano Lüders/Exame)

Varejo: As ofertas na virada do dia eram comuns às companhias aéreas, mas agora outros setores aproveitam essa estratégia (Germano Lüders/Exame)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 9 de dezembro de 2022, 17h54.

Sabe aquela frase comum a quem é muito ocupado: "E da meia-noite às 6h, você faz o quê"? Varejistas levaram ao pé da letra e estão aproveitando o período da noite e até mesmo dos jogos do Brasil para turbinar as vendas, oferecendo promoções. Há ofertas até relacionadas ao placar da partida.

As ofertas na virada do dia eram comuns às companhias aéreas, mas agora outros setores aproveitam essa estratégia para turbinar vendas em horários fracos para vendas. Das 18h às 8h é possível encontrar produtos com preços mais baixos no mercado até na loja de eletroeletrônicos, passando pelo varejo de moda.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo na newsletter gratuita EXAME Desperta.

A Fast Shop, por exemplo, atribui a produtos selecionados preços promocionais das 19h às 6h.

"A premissa da oferta é ter o melhor preço daquele produto frente às concorrentes durante o período que a ação acontece.", explica Eduardo Salem, diretor geral de operações da rede de eletrodomésticos e eletroeletrônicos.

O executivo conta que a campanha da Fast Shop foi criada em 2015. Na época, entrava no ar à meia-noite com uma oferta agressiva para movimentar os canais digitais no horário de menos fluxo e no momento em que as lojas físicas estivessem fechadas. A proposta, diz ele, era gerar senso de oportunidade e urgência ao consumidor.

Aumento nas vendas de madrugada

Na versão 2022, no entanto, o avanço da omnicanalidade e a diversificação de canais de compra levaram à ampliação do horário de venda.

"A companhia foca em preços realmente competitivos ou então são produtos muito esperados pelos clientes. Por exemplo, lançamos um produto novo, o antigo cai de preço e muitas vezes este será o primeiro na oferta da madrugada. E isso pode gerar um aumento de venda de três a quatros vezes daquele produto (o antigo) durante a madrugada — destaca Salem.

As Lojas Renner, por sua vez, apostam no momento em que a Seleção brasileira entre em campo para movimentar as vendas da sua marca homônima e na de moda jovem Youcom.

As vendas nos horários de jogos do Brasil na Copa do Mundo em seus canais digitais variam. Já ofereceram, por exemplo, 20% de desconto e frete grátis em gol do Brasil. E, para potencializar a iniciativa, a varejista também envia mensagens aos clientes sobre as pechinchas.

E o Grupo Pão De Açúcar (GPA), detentor da rede de supermercados que leva o mesmo, aproveitou o embalo de Copa com Natal para aquecer as vendas e expandir sua base de clientes em seus canais digitais com as vendas noturnas.

As ofertas das 18h às 8h, que já acontecem mensalmente em dias variados do mês, estão mais frequente. Nesta semana, em uma das promoções relâmpago, o cliente podia conseguir um cupom de 20% de desconto para compras acima de R$ 399 em seu e-commerce.

Um dos objetivos, segundo a rede, é atingir um público diferente. "O retorno tem sido muito positivo e a ação funciona como uma alavanca muito importante para o negócio", diz o GPA em nota.

Para os pedidos feitos na madrugada, o cliente pode pedir entrega a partir do primeiro horário disponível, agendada e a modalidade “Clique e Retire”, com retirada das compras em uma loja física, respeitando o horário de funcionamento da unidade selecionada.

LEIA TAMBÉM: