Na Black Friday, Mercado Pago dá R$ 800 mil em prêmios para vendedores

Sorteios serão realizados até dia 30 de novembro; fintech também vai oferecer vantagens de crédito para vendedores durante período de promoções
Mercado Pago: aproximação com vendedores para continuar à frente (Mercado Livre/Blog 360meridianos)
Mercado Pago: aproximação com vendedores para continuar à frente (Mercado Livre/Blog 360meridianos)
K
Karina Souza

Publicado em 01/11/2021 às 18:55.

Última atualização em 09/11/2021 às 15:47.

A fintech Mercado Pago, braço financeiro do Mercado Livrevai oferecer uma promoção especial para vendedores durante a Black Friday. A ideia para as promoções veio de um estudo recente conduzido pela fintech, em parceria com a consultoria Trendsity, que revelou que na pandemia, um em cada três vendedores se apoiou em pagamentos digitais para aumentar as vendas. De olho nesse cenário, a empresa quer se aproximar dos vendedores nesse período de descontos, oferecendo incentivos em prêmios para quem utilizar a plataforma do Mercado Pago, além de descontos em antecipação de recebíveis e condições especiais para renegociação de dívidas.

Quero aproveitar a Black Friday para dar um upgrade na minha carreira com descontos de até 70%

Em relação à promoção, a fintech vai permitir que vendedores concorram a 800.000 reais em prêmios. Para isso, a cada venda de a cada venda de 250 reais com as maquininhas de cartão, código QR, link de pagamento ou checkout de loja online, os vendedores ganharão um número da sorte e poderão concorrer a dez prêmios de 5.000 reais toda semana e, além disso, vão receber outro número para o sorteio final com dois prêmios de 250.000 reais. Quem vender por Código QR com escolha de pagamento via Pix recebe o triplo de números da sorte para participar da campanha. Para ter acesso aos códigos, é necessário se inscrever para participar da promoção no site www.mercadopagopromocoes.com.br a partir desta segunda-feira. A promoção é válida até o dia 30 de novembro.

Mesmo para quem não receber o dinheiro, o Mercado Pago oferece como vantagens ao realizar o cadastro a taxa zero para pagamentos com código QR e link de pagamentos, limitado a 1.000 reais em vendas.

De olho no crédito

“Seguimos apoiando nossos vendedores, e também aqueles que têm sentido mais os efeitos da pandemia, ajudando-os com iniciativas, como antecipação de recebimentos e renegociação para que possam organizar melhor as finanças. Estamos oferecendo diversas iniciativas em termos de condições de crédito e facilitando a adesão a meios de pagamento para que aproveitem todo o potencial da Black Friday. Um estudo interno mostrou que 80% de nossos pequenos vendedores utilizam crédito para reinvestir no negócio”, afirma Renato Burin, head de crédito do Mercado Pago no Brasil, em comunicado.

Não gaste, invista em você: confira as ofertas da Black Friday da Exame Academy

Por isso, para além da promoção que sorteia dinheiro, o Mercado Pago também vai oferecer condições especiais de crédito aos vendedores durante a Black Friday. Serão principalmente três ações nesse sentido: a primeira é o desconto de até 44% na taxa de antecipação de recebíveis a clientes pré-aprovados durante a Black Friday (um desconto que será válido de 15/11 a 6/12 e que pode ser consultado na seção de antecipação de recebíveis no próprio app). Além disso, será possível renegociar até 100% de multas por atraso do pagamento de crédito, a quem solicitar interesse na seção "Mercado Crédito" — o que deve garantir mais fôlego aos vendedores.

Por fim, o Mercado Pago vai fornecer o cofinanciamento de campanhas de descontos no Mercado Livre. Por exemplo: se um vendedor oferecer 20% de desconto em seus produtos, o Mercado Pago vai financiar 10% e os outros 10% serão revertidos para crédito de Mercado Ads.

A ideia da fintech é que as ações possam completar o portfólio de vantagens oferecidas aos vendedores dentro da plataforma. Entre elas, estão: Pix com taxa zero para lojas online, webinars e conteúdo no blog Conexão Mercado Pago.

A vertical de pagamentos é uma das que apresentam maior crescimento dentro do Mercado Livre. No segundo trimestre deste ano, o volume total de pagamentos atingiu 10,3 bilhões de dólares, crescimento de 70,5% em dólar e de expressivos 93,5% em moeda constante. Atualmente, o Mercado Pago representa 34,4% do faturamento da empresa no país — e, em um ambiente no qual concorrentes como PagSeguro e PayPal também querem avançar, a aproximação com a base de vendedores é mais do que bem-vinda para continuar à frente.

SAIBA MAIS SOBRE OS CURSOS LIVRES, ESPECIALIZAÇÕES E MBAS COM ATÉ 70% DE DESCONTO