Musk deixa posto de 2º homem mais rico do mundo

Fundador da Tesla foi ultrapassado pelo presidente da Louis Vuitton nesta terça-feira, 17

Elon Musk não é mais o segundo homem mais rico do mundo. Se antes havia rivalidade com Jeff Bezos, campeão da lista, nesta terça-feira, 17, o fundador da Tesla e da SpaceX foi ultrapassado por Bernard Arnault, presidente do conglomerado LVMH, dono de marcas como Louis Vuitton.

Tudo aconteceu porque as ações da Tesla caíram 2,2%, segundo a Bloomberg, e a fortuna de Musk passou a somar 160,6 bilhões de dólares — queda de 24% de janeiro para cá. Enquanto isso, a fortuna de Arnault está em 161,2 bilhões de dólares, de acordo com a agência de notícias americana.

É um período turbulento para Elon Musk. Recentemente, a Tesla se envolveu em polêmicas relacionadas ao bitcoin — informando que não receberá mais essa forma de pagamento pelos veículos elétricos que fabrica devido a preocupações ambientais.

O movimento acontece pouco depois de o CEO da SpaceX anunciar a missão de lançar um satélite para a Lua integralmente paga com uma criptomoeda, a dogecoin, que apresentou altos e baixos graças aos comentários de Musk sobre ela no Twitter.

Além disso, o mercado "esnobou" recentemente os resultados da Tesla. Apesar do lucro recorde no primeiro trimestre, a empresa não apresentou uma estimativa específica de entrega de veículos em 2021, mesmo depois de ter elevado significativamente suas vendas neste início de ano, segundo analistas.

Ainda assim, nem tudo está perdido: recentemente, a SpaceX realizou seu primeiro pouso de sucesso com protótipo de foguete da Starship, nave que fará parte de programa da Nasa. Após fechar contrato de 135 milhões de dólares com a Nasa, a espaçonave Starship será parte do programa Artemis, que quer levar astronautas à Lua pela primeira vez em quatro décadas. 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.