Mendes Júnior construirá estádio da Copa em Cuiabá

O consórcio formado pelas construtoras Mendes Júnior e Santa Bárbara foi o vencedor da licitação para construção do novo estádio Verdão, em Cuiabá, onde serão realizados os jogos da Copa do Mundo de 2014. O resultado foi anunciado hoje, após a abertura dos envelopes com as propostas apresentadas por cinco consórcios.

Pela proposta vencedora, a demolição do atual estádio Governador José Fragelli (Verdão) e a construção, no mesmo local, de uma arena multiuso custarão R$ 342 milhões, valor 15% abaixo do teto de R$ 405 milhões estabelecido na licitação pelo governo de Mato Grosso. Os investimentos serão feitos com recursos do governo estadual, que possui um fundo específico que conta atualmente com R$ 100 milhões.

O projeto do novo Verdão prevê a construção de um estádio multiuso com capacidade para 42,5 mil pessoas. Após a Copa 2014, o estádio também será utilizado como espaço para a realização de convenções, shows e feiras. O complexo contará com infraestrutura de restaurantes, estacionamentos, hotéis, lagos, bosque e pista para caminhada.

Os outros consórcios que participaram da licitação foram Kallas/Usiminas SP (proposta de R$ 348,8 milhões), Pantanal MT (R$ 349,895 milhões), Contern/Viero SP (R$ 357,793 milhões) e Construcap/Convap SP (R$ 369,74 milhões).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também