• BVSP 128.057,22 pts -0,9%
  • USD R$ 5,0086 -0,0003
  • EUR R$ 5,9681 +0,0005
  • ABEV3 R$ 18,8 -1,52%
  • BBAS3 R$ 35,13 -1,73%
  • BBDC4 R$ 27,92 -0,57%
  • BRFS3 R$ 28,89 -1,57%
  • BRKM3 R$ 53,57 -5,85%
  • BRML3 R$ 11,21 -1,49%
  • BTOW3 R$ 70,65 -0,60%
  • CSAN3 R$ 25,06 +0,76%
  • ELET3 R$ 44,48 -1,11%
  • EMBR3 R$ 20,2 -1,17%
  • Petróleo US$ 72,84 -0,33%
  • Ouro US$ 1.793,00 +1,03%
  • Prata US$ 26,49 +2,43%
  • Platina US$ 1.077,50 +2,11%

Melhores do ESG: Melhorar a logística é desafio para o e-commerce

CEOs de negócios do comércio eletrônico apresentaram avanços e desafios para a agenda ESG no setor em painel virtual do MELHORES DO ESG

A pandemia acelerou a adoção do e-commerce: segundo o índice MCC-ENET, desenvolvido pelo Comitê de Métricas da Câmara Brasileira da Economia Digital (camara-e.net) em parceria com o Neotrust e o Movimento Compre & Confie, em 2020 o setor saltou 73,88% em número de vendas e 83,68% em faturamento, na comparação com 2019.

Por sua natureza, o setor tende a ser amigável em termos ambientais, já que reduz o número de veículos circulando nas ruas – um único carro consegue fazer muitas entregas por dia, seguindo um trajeto mais objetivo do que o que as pessoas costumam realizar entre suas casas e as lojas. Mas ainda há muitos desafios a superar para que o comércio eletrônico alcance métricas mais agressivas em termos de ESG.

Foi para debater esse tema que o evento Melhores do ESG, realizado por EXAME, reuniu Marcos Severine, CEO da Pontoon Energia, Fernando Boscolo, CEO da Privalia Brasil, e Douglas Nicolau, Fundador da Rede de Executivos de Impacto e CEO da incentiv.me, que atuou na função dupla de participante e moderador.

Ações na pandemia

A pandemia trouxe algumas lições importantes para Marcos Severine, CEO da Pontoon Energia. A startup havia surgido em 2017, depois de ele deixar para trás 28 anos de carreira no mercado financeiro. “No último ano mudamos muito. Instalamos lockdown, passamos a ter reuniões com uma frequência maior, o que levou as pessoas a se conhecerem melhor”.

Fernando Boscolo, CEO da Privalia Brasil, relatou que a empresa também fez adaptações. “Buscamos proteger as pessoas, garantindo que ninguém seria demitido em função da pandemia. E disponibilizamos ajuda psicológica para quem precisasse. Como resultado, o clima organizacional melhorou. Percebemos que o ESG traz o orgulho das pessoas em trabalhar em algo que de fato faz a diferença na sociedade”.

Outro fator que impactou a vida dos dois profissionais foi o aumento expressivo do e-commerce. “Somos o maior outlet online do Brasil, temos quase 500 pessoas na nossa estrutura. Impactamos nossos fornecedores e nossos mais de 15 milhões de membros”, lembrou Boscolo. “Trabalhamos para ajudar marcas regionais. Muitas passaram a ter na Privalia seu único canal de vendas. E também utilizamos nossa plataforma para convidar as pessoas a fazer doações”.

Já Severine lembrou que, neste período, sua empresa fortaleceu os esforços em oferecer soluções completas em energia renovável, que passa principalmente por painéis solares e carros elétricos. “A gestão do melhor horário para abastecer os veículos elétricos faz com que eles se tornem uma potencial fonte secundária de renda, já que a energia acumulada pode ser devolvida ao sistema”.

Melhoria na logística

Os dois executivos debateram as mudanças provocadas pela pandemia e os desafios para implementar ações de ESG no e-commerce na manhã de quinta-feira, 13 de maio. Ao lado deles, como participante e moderador, estava Douglas Nicolau, fundador da Rede de Executivos de Impacto e CEO da incentiv.me. “A pandemia acelerou a consciência de que as pessoas são nossos maiores ativos”, declarou ele.

Severine avaliou que os carros elétricos podem ser utilizados para reduzir as emissões das entregas. “O setor de energia vive uma revolução parecida com a que vimos na virada do século 19 para o século 20. É um momento disruptivo, com novas tecnologias, que dão acesso a novos negócios”.

Por sua vez, Boscolo apresentou a meta de sua empresa de realizar mais de 100 mil entregas com veículos alternativos. E provocou os consumidores a fazer uma mudança de postura. “Estamos vivendo a febre da entrega o mais rápido possível, o que muitas vezes faz com que os veículos trafeguem com meia carga. Acredito que a sociedade vai começar a questionar cada vez mais se não vale a pena esperar um pouco mais para receber a compra, de forma a colaborar para preservar o meio-ambiente”.

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.