MBR, da Vale, decide resgatar suas ações do Bradesco BBI por R$3,3 bilhões

Com isso, a Vale passou a deter 98,3% do capital da MBR, encerrando operação de venda de participação minoritária anunciada em julho de 2015

São Paulo — A Vale anunciou nesta sexta-feira que a assembleia da controlada Minerações Brasileiras Reunidas (MBR) decidiu resgatar todas as suas ações em poder do Bradesco BBI por 3,3 bilhões de reais.

Com isso, a Vale passou a deter 98,3% do capital da MBR, encerrando operação de venda de participação minoritária anunciada em julho de 2015, segundo fato relevante divulgado pela mineradora ao mercado nesta sexta-feira.

"A Vale reafirma a disciplina na busca de opções de alocação de capital consistentes com os pilares estratégicos da companhia", afirmou a empresa.

A MBR possui ativos para produção, transporte e embarque portuário integrados ao Sistema Sul da Vale e responsáveis pela produção de cerca de 59 milhões de toneladas de minério de ferro em 2018.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.