Marfrig: Oferta por Keystone deve ser entregue até fim do mês, diz fonte

COFCO, China Investment, conhecida como CIC, e Fosun estão competindo com Cargill e Tyson Foods pela participação de controle na empresa
Marfrig: empersa comprou a Keystone há oito anos por US$ 1,26 bilhão e espera obter agora um preço até US$ 3 bilhões (/Marfrig/Divulgação)
Marfrig: empersa comprou a Keystone há oito anos por US$ 1,26 bilhão e espera obter agora um preço até US$ 3 bilhões (/Marfrig/Divulgação)
R
ReutersPublicado em 11/06/2018 às 19:57.

São Paulo - Companhias interessadas em comprar a unidade Keystone Foods, da Marfrig, devem entregar propostas vinculantes até o fim do mês, disse uma fonte com conhecimento direto do assunto.

Três de cinco companhias selecionadas pela Marfrig na primeira etapa da venda da unidade especializada em fornecimento de alimentos para redes de restaurantes são chinesas, acrescentou a fonte.

COFCO, China Investment, conhecida como CIC, e Fosun estão competindo com Cargill e Tyson Foods pela participação de controle na Keystone, uma das maiores fornecedoras da rede de fast food McDonald's.

A Marfrig comprou a Keystone há oito anos por 1,26 bilhão de dólares e espera obter agora um preço até 3 bilhões de dólares.

Representantes da COFCO, CIC, Fosun, Cargill e Tyson não puderam comentar de imediato. A Marfrig não se pronunciou.

A Keystone não foi incluída na semana passada nas medidas antidumping adotadas pela China contra importações de carne de frango do Brasil

A Marfrig comprou em abril a norte-americana National Beef Packing Company por 969 milhões de dólares e está tomando empréstimos para financiar a aquisição. Os recursos a serem obtidos com a venda da Keystone deverão pagar os empréstimos.