A página inicial está de cara nova Experimentar close button

MAN tem alta de 58% no lucro do segundo trimestre puxada por Brasil

Fabricante de caminhões teve lucro operacional de 437 milhões de euros, acima dos 428 milhões previstos por analistas

Frankfurt - A fabricante alemã de ônibus e caminhões MAN elevou nesta quinta-feira perspectiva de vendas, depois que forte demanda na América Latina, especialmente no Brasil, colaborou para uma alta de 58 por cento no lucro da companhia no segundo trimestre.

A companhia teve lucro operacional de 437 milhões de euros, acima dos 428 milhões previstos por analistas consultados pela Reuters.

Para 2011, a MAN espera um aumento de 10 a 15 por cento na receita e um retorno sobre as vendas que excede levemente a meta de longo prazo da companhia, de 8,5 por cento. O retorno sobre as vendas no semestre até junho cresceu para 9,6 por cento, 6 pontos percentuais acima do registrado no mesmo período do ano anterior.

O crescimento do lucro da companhia ocorreu, principalmente, devido à demanda por veículos comerciais, com alta de 37 por cento nas encomendas de caminhões pesados e recordes de vendas na América Latina.

A Volkswagen tem participação majoritária na MAN, com cerca de 56 por cento do controle.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também