+Mais AAI, líder em investimentos em Manaus, dobra aposta no Norte

Escritório de agentes autônomos de Manaus, plugado ao BTG Pactual desde 2019, abre escritório em Belém neste mês

Dos quase 3 milhões de pessoas físicas com investimentos na B3, a bolsa de valores de São Paulo, apenas 70.000 moram nos seis estados da região Norte, segundo dados revelados pela Bolsa em julho. É uma região com presença baixa no mercado acionário. Para efeito de comparação, apenas no estado de São Paulo são mais de um 1 milhão de investidores na B3.

A expansão do mercado de capitais na região Norte está na missão da +Mais AAI Agente Autônomo de Investimentos BTG Pactual, escritório autônomo com sede em Manaus e uma carteira de 600 milhões de reais. Em agosto, a +Mais está abrindo uma operação em Belém, segunda maior metrópole da região. “A cidade é um eixo econômico importante e com muitos clientes potenciais sem acesso a bons produtos financeiros”, diz Dennis Lobo, um dos sócios da +Mais.

A +Mais foi aberta no ano passado, a partir da junção de profissionais de dois escritórios de investimentos com uma década de experiência na atração de clientes para o mercado de capitais em Manaus: a Finis, uma consultoria do patrimônio de famílias, e o D&L, escritório de agentes autônomos que tinha a carteira de clientes plugada às corretoras Órama e Ágora.

A abertura da +Mais coincidiu com a mudança para o banco BTG Pactual (do mesmo grupo que publica a EXAME). Entre os motivos para a troca, diz o sócio Eduardo Campos, foi a possibilidade de ampliar o leque de produtos financeiros à disposição.

Embora o mercado de capitais no Norte seja diminuto, os clientes têm perfil exigente na escolha dos produtos financeiros. “Cerca de 10% investem em produtos no exterior”, diz Campos.
Na mudança para o BTG, 100% dos clientes continuaram na carteira, segundo os sócios. De lá para cá, a carteira triplicou de tamanho, para os atuais 600 milhões de reais.

A +Mais está na lista de escritórios que plugaram suas carteiras ao ecossistema do BTG. Desde 2018, 22 escritórios antes ligados à XP Investimentos migraram para o BTG, inclusive um dos maiores deles, o EQI, de Santa Catarina, que tem planos de virar uma corretora. O exemplo do escritório de Manaus mostra o tamanho das oportunidades à frente pelo Brasil.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.