Magalu recebe aval do Cade para comprar marketplace de livros

O negócio representa uma oportunidade de expansão para o Magazine Luiza e uma boa oportunidade de capitalização para a Estante Virtual

São Paulo — A Magazine Luiza recebeu aval do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para comprar a Estante Virtual do Grupo Cultura, segundo publicação do Diário Oficial da União nesta sexta-feira.

A Estante Virtual, um marketplace de livros novos e usados, será vendida por meio de processo competitivo no âmbito da recuperação judicial do Grupo Cultura.

O negócio representa uma oportunidade de expansão dos negócios da Magazine Luiza no comércio varejista eletrônico, e uma boa oportunidade de capitalização para a Estante Virtual, informaram as empresas, segundo o Cade.

O valor da operação não foi revelado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.