Na sétima aquisição do ano, Magalu compra processadora de cartões Bit55

Empresa anunciou a compra da Bit55, que oferece tecnologia para processamento de cartões de crédito e débito; tentativa é de expandir soluções financeiras do superapp
Superapp do Magalu: varejista fez sua sétima aquisição no ano (Leandro Fonseca/Exame)
Superapp do Magalu: varejista fez sua sétima aquisição no ano (Leandro Fonseca/Exame)
M
Maria Clara Dias

Publicado em 08/06/2021 às 12:05.

Última atualização em 10/06/2021 às 08:17.

O Magazine Luiza anunciou nesta terça-feira, 08, a aquisição da Bit55, uma plataforma de tecnologia para processamento de cartões de crédito e débito na nuvem. De acordo com a varejista, a nova empresa chega para dar mais autonomia no desenvolvimento de cartões e para expandir o setor financeiro do Magalu.

A pandemia mostrou que a inovação será cada dia mais decisiva para seu negócio. Encurte caminhos, e vá direto ao ponto com o curso Inovação na Prática

A aquisição é uma nova tentativa da empresa em se tornar um super aplicativo que, entre outras coisas, também incorpora soluções financeiras de todos os tipos. A primeira aposta no setor de pagamentos veio em dezembro do ano passado, quando a varejista comprou a Fintech Hub, startup fundada por Carlos Wizard, por 290 milhões de reais.

A ideia é que, com a Bit55, a Hub Fintech comece a emitir cartões de crédito e débito, além dos já oferecidos cartões pré-pago e as contas digitais. “A nova aquisição faz parte das iniciativas de fortalecimento do setor de fintech da companhia e é mais um importante passo na estratégia de digitalização do Brasil”, diz Robson Dantas, diretor de fintech do Magalu, em comunicado à imprensa.

Segundo o Magalu, a Bit55 possui capacidade de processamento de mais de 2.000 transações por segundo, além de toda a estrutura necessária para a gestão de um portfólio de cartões de crédito, que inclui o recebimento da proposta, envios de cartões, autorização das transações, emissão da fatura, entre outros serviços. Uma adição valiosa à plataforma de pagamentos do Magalu, que já possui 4 milhões de contas digitais e cartões pré-pagos ativos.

A conclusão da aquisição da Bit55 está sujeita a avaliação e aprovação do  Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

Sem dó de gastar

Esta é a sétima aquisição do Magalu neste primeiro semestre do ano. Antes da Bit55, foram compradas a Steal The Look e Jovem Nerd, canais de conteúdo; a ToNoLucro e GrandChef, apps de delivery; a VipCommerce da categoria mercado e a SmartHint, plataforma de buscas inteligentes.

Saiba o que acontece nos bastidores das principais startups do país. Assine a EXAME