Lufthansa demitirá 3.500 no setor administrativo

O corte permitirá ao grupo melhorar seu resultado operacional anual em pelo menos 1,5 bilhão de euros a partir do fim de 2014

Frankfurt - A companhia aérea Lufthansa, a maior da Europa, anunciou nesta quinta-feira que nos próximos anos cortará 3.500 postos de trabalho no setor administrativo como parte de um plano de economia.

As demissões, de um número sem precedentes para o grupo, permitirá reduzir em 25% os custos administrativos, segundo a empresa.

O corte permitirá ao grupo, afetado por problemas de rentabilidade, melhorar seu resultado operacional anual em pelo menos 1,5 bilhão de euros a partir do fim de 2014, em uma comparação com 2011.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.