Lucro da Vivara recua 8,7%, mas vendas retomam patamar pré-pandemia

Vendas pela internet têm destaque na geração de receita da companhia durante o período; vendas nas lojas físicas caem

A Vivara registrou lucro líquido de 36,1 milhões de reais no terceiro trimestre, queda de 8,7% na comparação com o mesmo período de 2019. Apesar da queda no lucro, a geração de receita da companhia voltou ao nível pré-pandemia: no trimestre, cresceu 1% na comparação ano a ano, para 242,6 milhões de reais.

Aproveitar as melhores oportunidades na bolsa exige conhecimento. Venha aprender com quem conhece na EXAME Research

O resultado positivo pode ser atribuído principalmente às vendas pela internet: compras pelo e-commerce saltaram 182,3% no período, passando a representar 22,9% do faturamento. Ao mesmo tempo, as vendas mesmas lojas (SSS) - lojas físicas e ecommerce - caíram 3,9%.

"No terceiro trimestre, nossa receita voltou ao mesmo nível do mesmo período de 2019, com setembro já apontando para um crescimento de 7,2%, com SSS positivo", afirmou a rede de joalherias no material de divulgação do balanço.

O resultado operacional medido pelo Ebitda teve acréscimo de 0,4%, para 63,6 milhões de reais, com a margem ficando em 26,2%, de 26,3% um ano antes. Em termos ajustados, o Ebitda caiu 7,4%, a 49,6 milhões de reais, com a margem passando de 22,3% a 20,4%.

A companhia afirmou ainda que em 2021 voltará a buscar expansão orgânica mais acelerada, com a perspectiva de adicionar entre 40 a 50 novas lojas, de Vivara e Life, entre outros projetos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também