Negócios

Lucro da Caterpillar cai para US$ 368 milhões no 3º tri

A companhia ainda cortou sua previsão de lucro para este ano, diante da demanda fraca por seus equipamentos pesados


	Tratores da Caterpillar: a companhia ainda cortou sua previsão de lucro para este ano, diante da demanda fraca por seus equipamentos pesados
 (Scott Eells/Bloomberg)

Tratores da Caterpillar: a companhia ainda cortou sua previsão de lucro para este ano, diante da demanda fraca por seus equipamentos pesados (Scott Eells/Bloomberg)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de outubro de 2015 às 11h55.

Nova York - O lucro da Caterpillar ficou em US$ 368 milhões (US$ 0,62 por ação) no terceiro trimestre, em queda de 64% ante o resultado de US$ 1,02 bilhão (US$ 1,63 por ação) em igual período de 2014.

A companhia ainda cortou sua previsão de lucro para este ano, diante da demanda fraca por seus equipamentos pesados.

A receita caiu para US$ 10,96 bilhões, de US$ 13,55 bilhões no terceiro trimestre do ano passado. Analistas ouvidos pela Thomson Reuters previam lucro de US$ 0,78 por ação e receita de US$ 11,25 bilhões no último trimestre.

Às 10h13 (de Brasília), a ação da empresa, que integra o índice Dow Jones, caía 2,68% no pré-mercado em Nova York.

A Caterpillar disse que projeta lucro de cerca de US$ 4,60 por ação, excluindo-se os custos de reestruturação. A companhia esperava anteriormente lucro ajustado de US$ 5 por ação.

A empresa enfrenta a fraqueza nos setores de mineração e energia, após anos de forte demanda por suas escavadeiras, caminhões para mineração e motores industriais, entre outros componentes. Em setembro, a Caterpillar cortou sua projeção de receita e disse que cortaria milhares de empregos, esperando uma demanda mais fraca das companhias de recursos e construção ao longo do próximo ano.

A companhia disse que a fraqueza econômica na América Latina, inclusive no Brasil, onde a queda foi mais significativa, também pesa sobre seu desempenho. No terceiro trimestre, suas vendas na região tiveram queda de 27%.

A Caterpillar espera agora US$ 800 milhões em custos de reestruturação neste ano, quando antes previa US$ 250 milhões. 

Acompanhe tudo sobre:CaterpillarEmpresasEmpresas americanasgestao-de-negociosLucroMetasPrejuízo

Mais de Negócios

Com nova fábrica, Gelato Borelli vai triplicar produção e planeja faturar R$ 360 milhões em 2024

A aposta de R$ 500 milhões de uma varejista gaúcha para fazer o maior complexo logístico do RS

'Jurassic Park' brasileiro anuncia novos parques depois de crescer 893% em 2023

Das dívidas aos bilhões: como a Marvel fugiu do colapso com uma estratégia financeira que mudou tudo

Mais na Exame