Lucro da Caixa Econômica Federal fica praticamente estável

Estoque de financiamentos do banco estatal era de 576,4 bilhões de reais, alta de 24,4 por cento em 12 meses

São Paulo - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira que teve lucro líquido de 1,9 bilhão de reais no terceiro trimestre, alta de 1,7 por cento ante igual período de 2013.

No fim de setembro, o estoque de financiamentos do banco estatal era de 576,4 bilhões de reais, alta de 24,4 por cento em 12 meses, novamente em ritmo bastante superior à média do mercado.

Como comparação, o estoque de empréstimos do Itaú Unibanco aumentou 10,2 por cento na mesma comparação, o do Santander Brasil subiu 5,6 por cento, o do Bradesco teve avanço de 7,7 por cento e o do Banco do Brasil evoluiu 12,3 por cento.

O crédito imobiliário da Caixa, maior do segmento no país, chegou a 320,6 bilhões de reais, após crescer 26,1 por cento em 12 meses. Já a carteira de infraestrutura do banco chegou a 51,3 bilhões, aumento de 52,8 por cento.

O índice de inadimplência, medida pelo saldo de operações vencidas com mais de 90 dias, foi de 2,73 por cento, ante 2,77 por cento no trimestre anterior e 2,4 por cento um ano antes.

Mas a despesa com provisões para perdas com inadimplência deu um salto de 39,3 por cento no comparativo ano a ano, para 3,28 bilhões de reais, embora na base sequencial tenha havido queda de 17 por cento.

De julho a setembro, a receita com serviços e tarifas da Caixa somou 4,72 bilhões de reais, um avanço de 12,1 por cento ante igual etapa de 2013.

O resultado das operações de tesouraria foi positivo em 8,44 bilhões de reais, um salto de 51,3 por cento em 12 meses. O retorno sobre o patrimônio líquido médio nos últimos doze meses foi de 17,8 por cento, uma queda de 8,74 pontos percentuais na comparação anual.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.