Lojistas de shoppings terão linha de crédito especial de até R$ 5 milhões

Parceria entre a admnistradora Airaz, a associação do setor e a Caixa oferecerá pacotes com condições diferenciadas

Os lojistas de shopping centers terão uma linha de crédito com condições especiais para dar fôlego financeiro as suas operações. Com financiamentos que vão de 125 mil a 5 milhões de reais, dependendo do faturamento e das garantias ofertadas, a promessa é de condições diferenciadas.

O setor foi duramente afetado pela pandemia do coronavírus e as reclamações acerca da falta de acesso dos lojistas a linhas de créditos com taxas mais baixas vinham crescendo, principalmente do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe).

A nova linha de crédito é resultado de uma parceria entre a Airaz, administradora dos shopping centers e galerias comerciais do grupo Zaffari, a Caixa Econômica Federal e a Associação Brasileira de Shopping Centers (Abrasce).

Segundo Edson Rampon, gerente administrativo e financeiro da Airaz, as vendas a partir do início da pandemia foram interrompidas de forma parcial e, em alguns momentos, integralmente e, por isso, os lojistas que não possuíam uma reserva emergencial de caixa tiveram grandes dificuldades para gerir seus negócios.

“As linhas de crédito e programas de apoio para reforçar o capital de giro são medidas importantíssimas para preservar empregos e a manutenção das operações”, diz o executivo em entrevista exclusiva à EXAME.

As condições variam de acordo com cada linha de crédito. Algumas podem chegar a ter prazo de pagamento de até 5 anos.

A carência oferecida é de até 12 meses, com três tipos de garantias, além de taxas de juros menores do que as ofertadas na agência.

Também fazem parte do pacote de benefícios isenção ou redução de cesta de serviços do banco e isenção da primeira anuidade para o cartão empresarial. Os benefícios serão exclusivos para lojistas que contratarem os serviços através da parceria entre a Caixa e a Abrasce e dependem da aprovação na análise de risco de crédito e garantias.

“Somos um setor resiliente e nos preparamos para passar por esse período fortalecidos. As vendas seguem em recuperação contínua e gradual e parcerias como essa firmada com a Caixa colaboram com a retomada” declara Glauco Humai, presidente da Abrasce.

Para obter a linha de crédito especial, o lojista precisa primeiramente procurar uma agência da Caixa e informar seu CNPJ para obter os benefícios provenientes da parceria.

Na pandemia, os shopping centers registraram forte retração. Em março, com o início do fechamento dos empreendimentos, a queda foi de 35,3%. Em abril, quando os 577 shoppings estavam fechados, o recuo foi de 89%. No mês seguinte, com a reabertura em algumas regiões do país, a retração começou a ficar mais branda, em 75,5%.

A expectativa, a partir de agora, é de uma retomada mais acelerada, principalmente com a chegada do período que antecede o Natal.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.