Localiza deve manter expansão de lojas em 2018

A companhia terminou 2017 com 588 agências de aluguel de carros, uma adição de 51 pontos próprios

São Paulo - A Localiza deve manter ritmo de crescimento de lojas em 2018, focando em cidades onde já está presente, e espera crescimento relevante de seus negócios este ano, apoiado pela continuação de mudança de preferências dos consumidores e expansão da economia.

"Vamos continuar crescendo nossa rede de lojas, mas nas mesmas cidades. A expansão da distribuição deve continuar como tem sido desde o IPO", disse o diretor financeiro da Localiza, Roberto Mendes, em teleconferência com analistas do setor.

A companhia terminou 2017 com 588 agências de aluguel de carros, uma adição de 51 pontos próprios. A rede de seminovos da empresa cresceu em 17 lojas, para 99 pontos de venda em 65 cidades do país.

Já a diretora de relações com investidores, Nora Lanari, afirmou que a Localiza "vê fatores bastante sólidos (para crescimento dos negócios da empresa), com atividade econômica jogando a favor e mudança de hábitos dos consumidores".

Durante a teleconferência, o presidente da Localiza, Eugênio Mattar, anunciou que Mendes vai se aposentar, deixando a companhia a partir de abril. O executivo está na empresa desde 1985. Para o lugar de Mendes foi indicado o executivo Maurício Teixeira, 38, informou a área de relações com investidores da companhia.

Teixeira está na Localiza há quase um ano sendo preparado por Mendes para assumir sua posição. O executivo é formado em engenharia eletrônica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, tem mestrado em Métodos Matemáticos em Finanças pelo IMPA e participou de programas de educação executiva em Harvard, Wharton e Fundação Dom Cabral.

Teixeira começou a carreira no Banco BBM, liderou a área de planejamento financeiro da Telemar e foi vice-presidente de finanças de empresas investidas pelos grupos de private equity GP Investments, Advent International e Vinci Partners, informou a Localiza.

Às 15:05, as ações da Localiza exibiam alta de 6,4 por cento, na ponta positiva do Ibovespa, que recuava 0,66 por cento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.