Trocar pontos na vending machine? Livelo abre loja física com produtos

Meta é aproximar programa de fidelidade do mundo físico; clientes já podem trocar pontos em 8,5 milhões de estabelecimentos
 (Livelo/Divulgação)
(Livelo/Divulgação)
M
Mariana Desidério

Publicado em 15/12/2021 às 09:54.

Última atualização em 17/12/2021 às 11:06.

O programa de fidelidade Livelo abre hoje sua primeira loja física, no Shopping Morumbi, em São Paulo. A unidade terá uma vending machine com produtos que podem ser comprados com pontos pelo cliente, por meio de um QR Code. O objetivo da loja é aproximar o clube de pontos do mundo físico, atraindo um consumidor ainda não familiarizado com o modelo de negócio.

Conquiste um dos maiores salários no Brasil e alavanque sua carreira com um dos MBAs Executivos da EXAME Academy.

“Quando olhamos o mercado, mais de 80% das vendas ainda ocorre no mundo físico. Essa presença em loja traz proximidade com nossos clientes e vem para desmistificar o que é um programa de fidelidade”, afirma Marcelino Cruz, diretor de relações comerciais e trade marketing da Livelo.

Além da vending machine, a loja também terá informações em vídeo, um totem com campanhas promocionais e uma lupa interativa para mostrar como é possível usar o programa de recompensas no dia-a-dia. A Livelo também vai fazer uma campanha promocional para premiar um cliente com 1 milhão de pontos.

A loja fica disponível até fevereiro e faz parte de um movimento da Livelo de se aproximar do mundo físico e tornar a troca de pontos mais presente no cotidiano do consumidor. Hoje, o consumidor da Livelo pode trocar seus pontos em 8,5 milhões de estabelecimentos comerciais.

O programa de fidelidade também tem buscado se aproximar do varejo, firmando novas parcerias para ampliar as possibilidades de acúmulo e troca de pontos para seus clientes. Hoje a Livelo tem 340 parceiros comerciais – há três anos eram 16. Há parceiros dos segmentos de moda, beleza, viagens, casa e decoração, alimentação e outros. Dentre eles estão Amazon, Magazine Luiza, Renner e Drogaria São Paulo.

“Conseguimos levar fluxo para essas lojas e passamos a ter um papel fundamental na vida do varejo em termos de engajamento do cliente”, afirma Cruz. Criada há cinco anos para unir os programas de fidelidade dos bancos Bradesco e Banco do Brasil, a Livelo tem atualmente 20 milhões de clientes.

O movimento de levar o programa de fidelidade para o dia-a-dia ganhou força com a pandemia do novo coronavírus. Antes, os clientes trocavam seus pontos principalmente por passagens aéreas. Com as restrições para viagens, as pessoas passaram a buscar outras possibilidades de troca. “O cliente começa a ver que ele pode usar seus pontos para comprar coisas do dia-a-dia, pode ter seu cotidiano mais conectado com o programa de fidelidade, e não só pensar nisso quando planeja uma viagem”, diz.

No período de pandemia, a Livelo teve aumento de 50% na quantidade de participantes que trocaram pontos por itens de catálogo, como itens de cozinha, eletrodomésticos e artigos de cama mesa e banho. Também houve aumento na troca de pontos por artigos voltados ao home office, como mouse, fone de ouvido e cadeira de escritório, que cresceram mais de 200%.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.