Softbank faz acordo com Sony para ampliar penetração nos EUA

Empresa japonesa e sua operadora norte-americana Sprint vão pela primeira vez oferecer smartphones da Sony

Tóquio - A empresa japonesa de telecomunicações SoftBank e sua operadora norte-americana Sprint vão pela primeira vez oferecer smartphones da Sony, segundo fontes com conhecimento do assunto, no momento em que as gigantes da tecnologia enfrentam desafios no mercado dos Estados Unidos.

O acordo pode dar o impulso necessário para a divisão de telefonia móvel da Sony, que no mês passado afirmou não esperar lucro até março do ano que vem.

Ele também irá reforçar o portfólio de celulares da Sprint, que busca aumentar seu número de assinantes.

A Softbank, segunda empresa mais valorizada do Japão, está pressionando uma redução de preços e promoções da Sprint, ao tempo em que promove smartphones para fortalecer a operadora, depois que reguladores dos EUA frustraram suas esperanças de uma fusão.

A Sony, uma das marcas japonesas mais conhecidas mas que agora luta para tirar sua divisão de eletrônicos do vermelho, não tem tido sucesso em ganhar expressividade no mercado norte-americano de smartphones, enfraquecendo uma unidade de telefonia móvel que espera virar um pilar a partir de seu renascimento.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 1,90

Nos três primeiros meses,
após este período: R$ 15,90

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.
Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade e, ao continuar navegando, você concorda com estas condições.