Negócios

Indra cresce 14% na AL e fatura 401 milhões de euros

A Indra contava no fechamento do semestre com 14.956 funcionários na América Latina, um aumento de 5,3%, e 39% do total mundial

A empresa de tecnologia registrou lucro líquido de 47,6 milhões de euros de janeiro a junho, 22% a menos que no mesmo período de 2012, e receita 1% superior, com 1,49 bilhão de euros (Divulgação)

A empresa de tecnologia registrou lucro líquido de 47,6 milhões de euros de janeiro a junho, 22% a menos que no mesmo período de 2012, e receita 1% superior, com 1,49 bilhão de euros (Divulgação)

D
Da Redação

27 de fevereiro de 2019, 12h34

Madri - A multinacional espanhola de tecnologia da informação Indra faturou 401,4 milhões de euros na América Latina no primeiro semestre deste ano, 14% a mais que no mesmo período de 2012, informou à Comissão Nacional do Bolsa de Valores (CNMV).

O negócio latino-americano respondeu nos seis primeiros meses de 2013 por 27% da receita do grupo graças ao bom momento dos setores de soluções, transporte e trânsito, serviços financeiros e segurança e defesa.

Os pedidos aumentaram 21% no período, o que faz a empresa "prever que o crescimento nesta região se mantenha e aumente durante o segundo semestre", especialmente no Brasil, no México e no Chile.

A Indra contava no fechamento do semestre com 14.956 funcionários na América Latina, um aumento de 5,3%, e 39% do total mundial.

A empresa de tecnologia registrou lucro líquido de 47,6 milhões de euros de janeiro a junho, 22% a menos que no mesmo período de 2012, e receita 1% superior, com 1,49 bilhão de euros.

No primeiro semestre do ano a Indra fechou contratos de 1,67 bilhão, o que fez com que sua carteira de investimentos se elevasse para 3,68 bilhões de euros, 3% a menos que há um ano.