Negócios

IMC compra Frango Assado

Dona da rede Viena agora vai controlar também 12 restaurantes Frango Assado

EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

DR

Da Redação

Publicado em 9 de fevereiro de 2011 às 10h41.

A International Meal Company (IMC), holding criada pelo fundo de private equity Advent para gerenciar seus negócios na área de alimentação, acabou de fechar a compra da rede Frango Assado, dona de 12 restaurantes localizados em estradas do Estado de São Paulo. Os valores da operação não foram divulgados.

"Estávamos em contato com várias companhias e a que tinha mais potencial era justamente a Frango Assado", diz Peter Furukawa, presidente da IMC no Brasil. A meta agora é abrir três novas unidades no Estado de São Paulo até o final de 2009 e, depois disso, iniciar a expansão para outras regiões do país. A lógica do negócio parte do fato de que os serviços nas estradas brasileiras é, em geral, de baixa qualidade e, com o aumento do tráfego, há um grande contingente de consumidores que não estão sendo bem atendidos.

 A Frango Assado é a terceira rede a ser adquirida pela IMC no Brasil. Em abril de 2007, a IMC comprou a RA, dona das marcas Brunella e Black Coffee e líder nos aeroportos de Guarulhos e Congonhas, em São Paulo. No final do ano passado, foi a vez da cadeia de restaurantes e cafés Viena, forte em São Paulo e com presença no Rio de Janeiro. Fora do Brasil, a IMC tem presença no México, Porto Rico e República Dominicana.

Acompanhe tudo sobre:AlimentaçãoEmpresasIMCPequenas empresasRestaurantesTrigo

Mais de Negócios

Marca de infusões orgânicas cresce com aumento do consumo de chás no Brasil e fatura R$ 6 milhões

Descubra 4 formas de pedir empréstimo e quais são as vantagens e desvantagens de cada uma

Apoio Financeiro no RS: prazo para adesão ao termina nesta sexta-feira; saiba como se inscrever

Com nova fábrica, Gelato Borelli vai triplicar produção e planeja faturar R$ 360 milhões em 2024

Mais na Exame