Gucci substitui presidente e diretora de criação

Com a mudança, Kering deseja "dar um novo impulso à marca e acelerar seu desenvolvimento"
Patrizio di Marco e Frida Giannini, em Nova York: os dois serão substituídos em seus cargos na Gucci (Andrew H. Walker/AFP)
Patrizio di Marco e Frida Giannini, em Nova York: os dois serão substituídos em seus cargos na Gucci (Andrew H. Walker/AFP)
D
Da Redação

Publicado em 12/12/2014 às 13:24.

Última atualização em 27/02/2019 às 18:46.

Paris - O grupo francês Kering, proprietário da Gucci, anunciou nesta sexta-feira a saída do presidente da firma de moda italiana, Patrizio di Marco, e da diretora de criação, Frida Giannini.

Para substituí-los, o Kering, propriedade do empresário francês François Henri Pinault, nomeou o presidente de Gucci, Marco Bizzarri, que já dirigia uma parte de suas marcas de luxo.

Patrizio di Marco deixará o cargo em 1o. de janeiro, ao final de seis anos à frente da Gucci e 13 anos o grupo Kering.

Com essa mudança, Kering deseja "dar um novo impulso à marca e acelerar seu desenvolvimento", segundo um porta-voz.

Frida Giannini, diretora de criação desde 2006, deixará o cargo em fevereiro de 2015, depois da apresentação da coleção feminina outono-inverno 2015-2016. Um novo diretor de criação será nomeado posteriormente.