• AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,69 3.32
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,21 0.00
  • AERI3 R$ 3,74 -1.06
  • AESB3 R$ 10,82 -0.92
  • AGRO3 R$ 31,17 -0.86
  • ALPA4 R$ 22,70 2.39
  • ALSO3 R$ 19,22 1.96
  • ALUP11 R$ 26,43 -0.26
  • AMAR3 R$ 2,53 -2.32
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,49 -0.05
  • AMZO34 R$ 3,46 2.37
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 82,43 1.43
  • ASAI3 R$ 15,80 -1.80
  • AZUL4 R$ 20,96 0.05
  • B3SA3 R$ 12,70 2.34
  • BBAS3 R$ 37,05 -1.09
  • AALR3 R$ 20,01 -0.30
  • AAPL34 R$ 70,69 3.32
  • ABCB4 R$ 16,93 1.62
  • ABEV3 R$ 14,21 0.00
  • AERI3 R$ 3,74 -1.06
  • AESB3 R$ 10,82 -0.92
  • AGRO3 R$ 31,17 -0.86
  • ALPA4 R$ 22,70 2.39
  • ALSO3 R$ 19,22 1.96
  • ALUP11 R$ 26,43 -0.26
  • AMAR3 R$ 2,53 -2.32
  • AMBP3 R$ 31,84 -1.58
  • AMER3 R$ 21,49 -0.05
  • AMZO34 R$ 3,46 2.37
  • ANIM3 R$ 5,51 -0.72
  • ARZZ3 R$ 82,43 1.43
  • ASAI3 R$ 15,80 -1.80
  • AZUL4 R$ 20,96 0.05
  • B3SA3 R$ 12,70 2.34
  • BBAS3 R$ 37,05 -1.09
Abra sua conta no BTG

Grupo Boticário: linha de crédito para fornecedores atrelada a metas ESG

Criado em parceria com o Itaú BBA, produto inédito no segmento é destinado a parceiros que se destaquem em atributos ambientais, sociais e de governança
 (Divulgação/Grupo Boticário)
(Divulgação/Grupo Boticário)
Por exame.solutionsPublicado em 20/12/2021 10:00 | Última atualização em 20/12/2021 09:26Tempo de Leitura: 4 min de leitura

O Grupo Boticário, que tem a sustentabilidade embutida em seu modelo de negócio, quer ajudar seus fornecedores a também atuarem de forma responsável com o planeta e a sociedade. Em parceria com o Itaú BBA, a empresa lançou o Risco Sacado ESG, uma linha de crédito com condições especiais para fornecedores que adotem práticas ambientais, sociais e de governança.

O produto possibilita a antecipação de recebíveis – o chamado risco sacado –, operação financeira que se assemelha a uma linha de crédito. Na prática, ela permite que o fornecedor adiante o recebimento de suas vendas junto às instituições financeiras de maneira simples e rápida.

O parceiro que já fizer parte da plataforma Facilita da Mooz, fintech do Grupo Boticário criada para prover serviços financeiros à cadeia da empresa, e cumprir com os requisitos determinados pelo programa em relação às melhores práticas ESG, poderá ter acesso a taxas mais atrativas.

“O Risco Sacado ESG é um importante passo por incluir não apenas um dos maiores conglomerados de beleza do mundo, mas toda a sua cadeia ao redor da temática ESG, contribuindo positivamente com todo o ecossistema”, diz Pedro Andrade, diretor de Tesouraria do Grupo Boticário.

Pedro Andrade, diretor de Tesouraria do Grupo Boticário: compromissos em ESG vão além da operação (Grupo Boticário/Divulgação)

De olho em metas ESG

O Risco Sacado ESG, cujo modelo é inédito no segmento, incentiva uma atuação ainda mais responsável dos fornecedores do Grupo Boticário, que há anos acompanha de perto seu ecossistema e o de seus parceiros. Inicialmente, a novidade estará disponível para um grupo pré-selecionado de fornecedores.

Para ter acesso ao produto, será avaliado o cumprimento de indicadores relacionados à diversidade em cargos de liderança; utilização e redução de volume de água consumido na cadeia produtiva; energia renovável; redução das emissões de Gases do Efeito Estufa (GEE) e no volume de resíduos gerados na cadeia, entre outros.

Uma Beleza de Futuro

A iniciativa faz parte dos Compromissos Para o Futuro, 16 metas socioambientais divulgadas pelo Grupo Boticário para o desenvolvimento sustentável até 2030.

A empresa acredita que é possível incentivar e impactar outros negócios a adotarem modelo de gestão ESG, além de trazer benefícios mais atrativos aos fornecedores. “Neste ano, assumimos compromissos que vão além da nossa operação e estão conectados a todo o ecossistema da beleza, que só será transformado a partir da criação de produtos como o Risco Sacado ESG", afirma Andrade.

Potencial de impacto

Luiza de Vasconcellos, head de Negócios ESG do Itaú BBA, acredita que o produto financeiro criado em parceria com o Grupo Boticário reforça o compromisso de ambas as empresas com o processo de transição para uma economia mais sustentável e tem grande potencial de ser replicado.

“Com o Risco Sacado ESG expandimos o potencial de impacto positivo dos nossos produtos e serviços para além de nossos clientes diretos, chegando também à cadeia de fornecedores, em uma construção colaborativa”, aponta. “Adotando uma lógica positiva de incentivo às boas práticas ESG, vamos pavimentar o caminho para finanças cada vez mais sustentáveis.”

O tamanho do Grupo Boticário dá uma dimensão do potencial do produto lançado. Presente em 15 países com as marcas O Boticário, Eudora, Quem Disse, Berenice?, BeautyBox, Multi B, Vult, Beleza na Web e O.u.i, a empresa tem mais de 13.000 colaboradores diretos e 40.000 pessoas que trabalham na maior rede de franquias de beleza do mundo, hoje presente em 1.780 cidades brasileiras.

Para fazer uma empresa desse porte – com laboratório, fábrica, áreas de inovação, tecnologia, logística, marketing e varejo – rodar em 40.000 pontos de venda no varejo, o grupo conta com a ajuda de centenas de parceiros e fornecedores mapeados.

Colocando esse ecossistema para atuar de forma responsável com o planeta, a sociedade e os consumidores, o Grupo Boticário vai justamente ao encontro de seu próprio propósito: transformar o mundo por meio da beleza.