Google quer comprar parte da HTC em acordo de US$ 1,1 bi

A aquisição da gigantesca fabricante de telefones celulares tailandesa vai acelerar os esforços do Google no mercado de celulares
HTC (Divulgação/HTC)
HTC (Divulgação/HTC)
Por Estadão ConteúdoPublicado em 21/09/2017 09:40 | Última atualização em 21/09/2017 09:50Tempo de Leitura: 1 min de leitura

Nova York - A Alphabet, controladora do Google, informou que pretende comprar uma parte da gigantesca fabricante de telefones celulares tailandesa HTC Corp por US$ 1,1 bilhão, acelerando seus esforços no mercado de celulares.

O Google afirmou que uma equipe da HTC que ajudou a desenvolver o smartphone Pixel irá se juntar à empresa. A Mountain View, da Califórnia, também receberá uma licença não exclusiva para a propriedade intelectual da HTC, que foi contratada pelo Google para ser a fabricante do Pixel, um smartphone lançado no passado com o objetivo de competir melhor com a Apple.

"Estamos investindo no longo prazo", disse o chefe de hardware do Google, Rick Osterloh. Os funcionários da HTC que se unem ao Google são "pessoas incríveis com as quais já trabalhamos na linha de smartphones Pixel, e estamos ansiosos para ver o que podemos fazer juntos como uma equipe".

Antes do acordo, a capitalização de mercado da HTC era de cerca de US$ 1,9 bilhão. O tamanho da divisão que o Google está comprando não é claro.

Fonte: Dow Jones Newswires.