Gol volta a operar voos comerciais com Boeing 737 MAX no Brasil

Voos são um marco importante para a Boeing, que há muito tempo vinha tentando retomar a operação do jato

A Gol se tornou nesta quarta-feira a primeira companhia aérea do mundo a voar comercialmente com o Boeing 737 MAX desde que a aeronave foi suspensa após duas quedas que mataram centenas de pessoas na Etiópia e na Indonésia há 20 meses.

O primeiro voo da Gol com o 737 MAX, que ocorreu após adaptações de segurança da aeronave exigidas por autoridades aéreas após as quedas, foi entre São Paulo e Porto Alegre, segundo dados do FlightRadar24, site que monitora rotas de aviões. A aeronave da Gol deve retornar a São Paulo no final do dia.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu a proibição de voos do MAX no final de novembro, após uma decisão semelhante da Administração Federal de Aviação (FAA) dos Estados Unidos.

Os voos são um marco importante para a Boeing, que há muito tempo vinha tentando retomar a operação do jato, atrasando sua meta inicial no final de 2019.

A American Airlines deve ser a próxima companhia aérea a retomar os voos com o MAX, em 29 de dezembro.

A Gol, que encomendou mais de 100 aviões MAX da Boeing, não fez comentários imediatos.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.