Negócios
Acompanhe:

Gazprom anuncia lucro consideravelmente menor em 2014

O lucro líquido da empresa no ano passado foi de 159 bilhões de rublos (2,8 bilhões de euros), contra 1,13 trilhão de rublos (20 bilhões de euros) em 2013

Gazprom registrou lucro menor em 2014 em consequência da desvalorização do rublo e do conflito na Ucrânia (Vasily Maximov/AFP)

Gazprom registrou lucro menor em 2014 em consequência da desvalorização do rublo e do conflito na Ucrânia (Vasily Maximov/AFP)

D
Da Redação

29 de abril de 2015, 08h59

Moscou - O conflito na Ucrânia e a desvalorização do rublo provocaram uma lucro consideravelmente menor da empresa de energia russa Gazprom em 2014, a 2,8 bilhões de euros.

O lucro líquido da empresa no ano passado foi de 159 bilhões de rublos (2,8 bilhões de euros), contra 1,13 trilhão de rublos (20 bilhões de euros) em 2013, apesar do aumento no faturamento.

A Gazprom alegou dois motivos para uma queda tão considerável. O primeiro é a desvalorização do rublo, que torna mais caro o valor dos empréstimos em divisas estrangeiras, o que fez a empresa perder 925 bilhões de rublos (16 bilhões de euros) por efeitos cambiais desfavoráveis.

O conflito na Ucrânia também teve consequências para a empresa pública, que tem um conflito com o operador de gás ucraniano Naftogaz.

O faturamento da Gazprom, no entanto, aumentou 6,4% no ano passado, a 5,58 trilhões de rublos (98 bilhões de euros), graças ao aumento de 4% das vendas para a Europa, seu mercado mais rentável.