Negócios

Ford vai dobrar produção de picape elétrica e esquenta briga com GM

O anúncio da Ford vem um dia antes do lançamento público da picape elétrica Chevrolet Silverado, da rival General Motors, que deve começar a ser vendida no início de 2023

Ford: a montadora disse que terá capacidade anual para montar 600 mil veículos elétricos globalmente dentro de 24 meses (Brendan McDermid/Reuters)

Ford: a montadora disse que terá capacidade anual para montar 600 mil veículos elétricos globalmente dentro de 24 meses (Brendan McDermid/Reuters)

R

Reuters

Publicado em 4 de janeiro de 2022 às 11h48.

Última atualização em 5 de janeiro de 2022 às 10h08.

A Ford anunciou nesta terça-feira que praticamente dobrará a capacidade de produção anual da picape elétrica F-150 Lightning para 150.000 veículos, visto que o modelo já atraiu quase 200.000 reservas antes de sua chegada às concessionárias dos Estados Unidos.

O anúncio da Ford vem um dia antes do lançamento público da picape elétrica Chevrolet Silverado, da rival General Motors, que deve começar a ser vendida no início de 2023.

A Silverado E será apresentada pela presidente-executiva da GM, Mary Barra, na quarta-feira, em uma sessão remota da conferência anual de tecnologia Consumer Electronics Show, em Las Vegas. O presidente-executivo da Ford, Jim Farley, disse no início de dezembro à CNBC que a Ford teve de parar de aceitar reservas para a Lightning 2022 "porque tínhamos muitas". A Ford originalmente tinha capacidade de produção para entre 70.000 e 80.000 picapes elétricas. Farley disse na entrevista de dezembro que a Ford pretendia dobrar esse montante nos próximos dois anos na fábrica em Rouge, perto da sede da montadora em Dearborn, no estado americano de Michigan.

A Ford também planeja triplicar a produção anual do crossover elétrico Mustang Mach-E para mais de 200.000 unidades até 2023, para atender à demanda acima do previsto.

A montadora disse que terá capacidade anual para montar 600.000 veículos elétricos globalmente dentro de 24 meses, quando pretende se tornar "a segunda maior fabricante de veículos elétricos na América do Norte", atrás da Tesla, que no ano passado vendeu mais de 900.000 unidades..

Espera-se que os futuros veículos elétricos da Ford sejam fabricados nos EUA, Canadá, México, China e Alemanha, de acordo com a empresa de pesquisa da indústria AutoForecast Solutions.

A F-150 Lightning 2022 terá preço inicial de 39.974 dólares e está sendo direcionada para clientes de varejo e comerciais. A Ford disse que mais de 75% dos titulares de reservas da picape elétrica são novos para a marca.

Acompanhe tudo sobre:CarrosEXAME-no-InstagramFordPicapesVeículos

Mais de Negócios

Morre Paulo Fernando Fleury, um dos ícones da logística empresarial no país

Franquia de sucesso: como a Domino’s transformou um empréstimo de US$ 900 em um negócio bilionário

Sob nova gestão, iFood prepara investimentos em startups e mira verticais de mercado e de benefícios

Colaboração entre Dell e Microsoft facilita a vida de empresas na gestão do ambiente multicloud

Mais na Exame