Fitch ainda vê motivos para apoiar grau de investimento

No entanto, o rating do Brasil está se deteriorando e a agência está monitorando o impacto da queda da popularidade da presidente Dilma Rousseff

Nova York - A agência de classificação de riscos Fitch ainda vê elementos apoiando o grau de investimento do Brasil, disse a analista sênior Shelly Shetty após a decisão da Standard & Poor's de cortar a nota do Brasil e colocar o país no território especulativo.

Falando em uma conferência da Fitch em Nova York, Shetty disse, no entanto, que o rating do Brasil está se deteriorando e que a agência está monitorando o impacto da queda da popularidade da presidente Dilma Rousseff sobre sua capacidade de aprovar medidas de austeridade.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.