Fechamento de fábricas: quem está em crise, a Ford ou o Brasil?

Perdendo posição no Brasil de forma persistente, a Ford começou 2021 colocando um ponto final em uma história de 101 anos de inovação e pioneirismo
 (Carla Carniel/Reuters)
(Carla Carniel/Reuters)
Por Beatriz CorreiaJuliano Passaro
Publicado em 18/01/2021 às 18:21.

No início do século 20, Henry Ford instaurava, nos Estados Unidos, a primeira linha de montagem de veículos em série. Em 1921, o estilo de produção chegava ao Brasil instalado em um galpão no tradicional bairro do Bom Retiro.

A Ford foi a primeira montadora estrangeira a se instalar por aqui e começar a fabricar o famoso Modelo T. Perdendo posição no Brasil de forma persistente, a Ford começou 2021 colocando um ponto final em uma história de 101 anos de inovação e pioneirismo.

A montadora americana anunciou que decidiu encerrar toda a sua operação de fábrica por aqui, pegando de surpresa fornecedores, concorrentes, funcionários e os governos locais. Em um comunicado ao público, a montadora informou que vai atender os clientes através das operações da Argentina, do Uruguai e de outros mercados.

No episódio #014 do Exame Agora, economistas e especialistas da indústria falam sobre a decisão da montadora de fechar as fábricas no país e as consequências da medida para o setor automotivo e industrial brasileiro. 

Ouça o podcast no link: https://open.spotify.com/episode/54LtKNRA0QwhJWjoQ0H5dZ

Leia mais