Facebook cancela seu maior evento do ano por causa do coronavírus

A feira F8, voltada a desenvolvedores, foi cancelada após confirmação de mais de 4.000 casos de doença causada pelo coronavírus fora da China

O Facebook anunciou nesta quinta-feira, 27, que não vai realizar presencialmente seu maior evento do ano devido à epidemia global de coronavírus. A conferência, batizada de F8, é destinada a desenvolvedores e aconteceria em maio na cidade de San José, na Califórnia.

Em nota, a empresa afirmou que, "diante das preocupações crescentes acerca do COVID-19, tomamos a difícil decisão de cancelar o componente presencial da F8 neste ano, de modo a prorizar a saúde e a segurança de nossos desenvolvedores parceiros, empregados e todos que ajudaram a colocar a F8 de pé".

O Facebook ainda planeja fazer algumas atividades remotas e eventos menores, espalhados de forma local em diferentes lugares. Há algumas semanas, a empresa também já havia cancelado sua conferência global de marketing, que devia receber 4.000 pessoas em março.

O cancelamento do maior evento do Facebook é o último de uma série de distúrbios que a epidemia de coronavírus vem causando. Até então praticamente restrito à China, o coronavírus passou a se espalhar com mais velocidade para outros países nesta semana. Entre quarta e quinta-feira, foram mais de 3.000 casos no exterior, de um total de pouco mais de 4.000 casos fora da China. Enquanto isso, na China, são mais de 82.170 infectados e 2.804 mortos.

O Brasil também registrou nesta semana seu primeiro caso confirmado da doença causada pelo vírus, de um idoso que veio da Itália.

Nos Estados Unidos, foi registrado nesta quinta-feira o primeiro caso de transmissão interna de doença por coronavírus, isto é, o paciente não havia viajado para nenhum lugar com incidência do vírus e não conviveu com nenhuma outra pessoa infectada, segundo as agências de saúde americanas. Os Estados Unidos têm 60 casos confirmados de doença por coronavírus, mais de 40 deles sendo de passageiros do navio de cruzeiro Diamond Princess, que estava no Japão.

Os eventos do Facebook fazem parte de uma longa lista de cancelamentos nas últimas semanas. Dentre os eventos cancelados ou adiados, esteve o Mobile World Congress (maior evento global de telefonia móvel), em Barcelona, as semanas de moda de Beijing e Xangai, o Carnaval de Veneza, jogos de rugby, uma feira de móveis em Milão, entre outros.

O Comitê Olímpico Internacional também anunciou nesta semana que pode cancelar os Jogos Olímpicos de Tóquio, marcados para julho, caso o problema global do coronavírus não seja solucionado até maio. A lista deve continuar aumentando.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.