Executivo do alto escalão deixa JPMorgan em investigações

presidente executivo vai deixar a empresa de acordo com um memorando interno

Hong Kong - O presidente executivo do JPMorgan Chase & Co para o banco de investimento na China, Fang Fang, vai deixar a empresa de acordo com um memorando interno, uma partida que acontece em meio a uma investigação das práticas de contratação do JPMorgan na Ásia.

O memorando não deu nenhuma razão para a saída do executivo. O jornal The Wall Street Journal, que primeiro noticiou a saída de Fang, disse que ele tinha emergido como uma figura-chave para as autoridades norte-americanas conforme elas investigavam se o banco de investimento havia violado as leis de suborno por indevidamente contratar parentes de autoridades chinesas bem relacionadas.

Fang, de 48 anos, não pôde ser encontrado para comentar o assunto. Um porta-voz do JPMorgan se recusou a comentar.

Frank Gong será promovido de vice-presidente do Conselho a presidente do Conselho do banco de investimento para a China, de acordo com o memorando obtido pela Reuters nesta segunda-feira. Brian Gu e Jing Zhao serão co-chefes do banco de investimento para a China, com Jing mantendo o posto atual de chefe do Grupo de Instituições Financeiras para Ásia Emergente.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.