Ex-Braskem assume a presidência da Odebrecht

Luciano Nitrini Guidolin substitui Newton de Souza, que passa a vice-presidente do Conselho de Administração

São Paulo - De estagiário, Luciano Guidolin, chega ao posto de diretor presidente da Odebrecht S.A. Aos 44 anos, o engenheiro de produção formado pela Escola Politécnica da USP e com mestrado em Administração de Empresas na Universidade de Harvard (EUA), substitui Newton de Souza, que passa a vice-presidente do Conselho de Administração.

Souza estava no cargo desde 2015 e nos últimos dois anos "teve papel importante na coordenação das negociações que levaram à assinatura do Acordo de Leniência com o Ministério Público Federal no Brasil e a Justiça dos Estados Unidos e da Suíça", conforme nota da empresa, lembrando que acordos semelhantes estão sendo negociados em outros países.

Guidolin foi vice-presidente da Unidade de Polímeros Brasil e Europa e de Tecnologia & Inovação da Braskem e no começo deste ano tornou-se VP de Investimentos da Odebrecht S.A.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.