Esta fábrica de medidores virou uma holding de R$ 1,1 bi e 60 empresas

Comandada por Henrique Costa, a paulista InverGroup triplicou frentes de negócios em 2021 para abarcar restaurantes, agência de viagens. Agora, está lançando um banco
Henrique Costa, CEO da Accell e presidente do conselho do InverGroup: mais de 30 negócios abertos ao longo de 2021 (Divulgação/Divulgação)
Henrique Costa, CEO da Accell e presidente do conselho do InverGroup: mais de 30 negócios abertos ao longo de 2021 (Divulgação/Divulgação)
Por Leo BrancoPublicado em 12/03/2022 08:00 | Última atualização em 11/03/2022 18:40Tempo de Leitura: 3 min de leitura

A trajetória do InverGroup, um conglomerado de empresas sediado em Americana, no interior paulista, deve ficar no radar de toda liderança disposta a diversificar as fontes de receita de seu negócio.

Garanta o seu lugar entre as melhores do Brasil, entre no Ranking Negócios em Expansão 2022

Fundado nos anos 50 com uma fábrica de medidores de consumo de água, o InverGroup iniciou o ano passado com 26 empresas no portfólio. 

Uma das principais delas é a Accell, uma das maiores fabricantes de medidores de água, energia e gás em residências e prédios comerciais da América Latina.

No ano passado, o InverGroup triplicou de tamanho. Hoje, são mais de 60 empresas, em três pilares: "infra", com negócios como a concessão do serviço de água e esgoto em quatro cidades do Piauí; "brain", com serviços financeiros, de advocacia e outras frentes de apoio a negócios; e "people", com consultoria para gestão de recursos humanos, educação e assuntos correlatos.

Na prática, os negócios estão espalhados em setores díspares. No rol há restaurante, agência de viagens, editora e até escolinha de formação de jogadores de futebol, o HC Grêmio Americana Esporte Clube.

Agora em março, o conglomerado está lançando o InverBank, uma instituição financeira. "Somos a primeira fintech no mundo aberta dentro de uma empresa do sistema hídrico", diz Henrique Costa, CEO da Accell, presidente do conselho do InverGroup e segunda geração da família por trás do negócio.

O objetivo inicial para a fintech, idealizada em 2021, era atender demandas financeiras do conglomerado. De lá para cá, o plano de negócio evoluiu. "Queremos, também, financiar a aquisição de gadgets como medidores inteligentes por pessoas físicas e empresas interessadas em economia com água ou energia", diz. 

Em comum aos negócios está uma sede única na chamada Cidade Inver, um parque industrial de 52.000 metros quadrados (equivalente a um shopping center de grande porte) nos arredores de Americana. 

"Temos ali um centro de serviços compartilhados para os nossos negócios", diz Costa. "Um mesmo setor administrativo trabalha para dezenas de negócios em setores diversos." 

Antes de assumir função executiva no negócio da família, Costa foi diretor da subdivisão latino-americana da Itron, empresa norte-americana de produtos em gerenciamento de energia e recursos hídricos. 

No cargo, foi responsável por revolucionar o saneamento no México, ao aumentar a presença dos medidores da empresa de 3% para mais de 50% no país. 

Formado na Universidade Harvard, nos Estados Unidos, Costa tem uma bibliografia extensa sobre negócios em sistemas hídricos, como "Gestão Modernas das Empresas de Saneamento", "Gestão da Distribuição de Água", e "TBE: Total Business Efficiency, uma nova metodologia de aprimoramento da gestão das companhias de saneamento".

Além disso, costuma dar palestras e publicar conteúdos sobre empreendedorismo e liderança nas redes sociais. Só no Instagram, ele possui uma legião de mais de 108.000 seguidores.

Em 2021, InverGroup faturou 822 milhões de reais no ano passado. Para este ano, a expectativa é de uma expansão de 30% na receita, para algo como 1,1 bilhão de reais.

Conheça o BTG+ business, uma plataforma pensada para reduzir a burocracia e ajudar na solução das adversidades para PMEs