EQI inaugura sede com 4.000 metros quadrados, de frente para o mar, no litoral de SC

Escritório de investimentos ligado ao BTG Pactual está em estrutura na Brava, praia badalada nos arredores de Balneário Camboriú — e tem postos de trabalho abertos
Nova sede da EQI em Itajaí: novo espaço tem vista para o mar e ocupa uma área de 4.000 metros quadrados, com capacidade para até 520 funcionários (Divulgação/Divulgação)
Nova sede da EQI em Itajaí: novo espaço tem vista para o mar e ocupa uma área de 4.000 metros quadrados, com capacidade para até 520 funcionários (Divulgação/Divulgação)
D
Da RedaçãoPublicado em 10/08/2022 às 15:45.

A aposta do escritório de investimentos EQI, plugado ao ecossistema de produtos financeiros do BTG Pactual (do mesmo grupo de controle da EXAME), é de que nem só de Faria Lima e de Leblon viverá o mercado financeiro daqui para frente.

Tanto é que o escritório aberto em 2008, em Balneário Camboriú, no litoral catarinense, está de casa nova.

A sede da empresa deixa um prédio comercial na Avenida Alvin Bauer, para ocupar uma laje inteira do Brava Mall, na Praia Brava, na cidade vizinha de Itajaí.

O novo espaço tem vista para o mar e ocupa uma área de 4.000 metros quadrados, com capacidade para até 520 funcionários. São mais de 20 salas de reunião e duas salas de eventos e treinamentos.

Assine a newsletter EMPREENDA e receba, gratuitamente, uma série de conteúdos que vão te ajudar a impulsionar o seu negócio.

EQI no caminho de virar corretora

A mudança faz parte de um plano maior da empresa: o de se tornar corretora de valores, o que deve acontecer em breve.

Os trâmites dependiam do fim da greve dos servidores do Banco Central, encerrada em julho.

Além da sede, agora em Itajaí, a EQI conta com escritórios na região da Faria Lima, em São Paulo, Cuiabá, Manaus, Belo Horizonte, Chapecó, Curitiba, Maceió, Florianópolis e Brasília — este último também recém-inaugurado.

Crescimento acelerado

Escritório de assessores de investimento ligado ao ecossistema do BTG Pactual desde julho de 2020, a EQI conta com mais de 60.000 clientes, 16 bilhões de reais em ativos sob custódia e planos de fazer uma oferta pública de ações (IPO) em alguns anos.

Nos últimos meses, a empresa iniciou uma unidade de Research (EQI Research), uma incubadora de gestoras (EQI Tech), firmou parceria com o Mercado Bitcoin para ofertar cripto ativos a clientes e adquiriu parte da casa de análises Monett, conhecida pelo serviço de streaming especializado em finanças.

O passo mais recente foi trazer a equipe do escritório de fusões e aquisições Rosenberg Partners para dentro de sua gestora, a EQI Asset.

Busca por novos talentos

Para crescer no ritmo desejado, no entanto, a empresa busca talentos — com ou sem experiência no mercado financeiro. São, em média, 100 contratações por mês.

“Precisamos de um time ainda maior para irmos ainda mais longe”, diz Laryssa Salvaro, head de talent acquisition da EQI.

Um diferencial para preencher os requisitos da vaga é ter alguma certificação do mercado financeiro, seja CPA 10, CPA 20, Ancord etc.

Aos que não têm certificação, a EQI tem um plano de formação de profissionais para o mercado financeiro.

Para saber sobre as vagas disponíveis e os requisitos desejados, clique aqui.

VEJA TAMBÉM:

EQI Asset incorpora NCH Brasil e vai a R$ 1,5 bi em ativos

O próximo grande passo da EQI

Há diversas ações com potencial de valorização, diz Aline Cardoso, da EQI