Empresário da moda, Ricardo Bellino, prepara novo hit: a geração acima dos 60

Responsável pela chegada da Elite Model ao Brasil, empresário prepara curso com 60 grandes nomes, com mais 60 anos, para ensinar suas lições de vida

Aos 55 anos, a Cinderela do Business, Ricardo Bellino, não para de inventar moda. Começou muito precocemente aos 21 anos, quando o jovem cabeludo deu um salto de courrier da DHL para sócio de John Casablancas, ao trazer para o Brasil a agência de modelos Elite Model. Daí para frente seguiu em uma sequência de invenções e reinvenções, em especial com um programa de cursos “Aceleração de Pessoas”.

A nova empreitada do empresário, agora um calvo Bellino, é dar a largada em um projeto que leve à valorização da experiência de pessoas bem-sucedidas e que tenham mais de 60 anos, em uma programação complementar à original.

“Velho?”, questiona ele, indignado. “As pessoas se prepararam para viver a primeira metade da vida, mas não a segunda. Pesquisas mais recentes já apontam que a faixa etária mais produtiva é justamente acima dos 60”, diz Bellino. Então, a ideia é disseminar o que essas pessoas aprenderam ao longo de sua trajetória, para além de receitas de enriquecimento ou de negócios. E demonstrar que todos devem se preparar para se manter ativos. A iniciativa começa com um novo curso, mas a ideia é desdobrar para várias frentes, inclusive um programa que estimule a criação de startups por pessoas acima dos 60 anos de idade.

O apelido de Bellino é fruto da trajetória do empresário, que usava o emprego na DHL para sair do Brasil e conhecer pessoas e lugares. Foi assim que chegou a Casablancas, inclusive.  Bellino é um verdadeiro profissional da autopromoção e do relacionamento. Talento que, muitas vezes, é chave do sucesso que falta para aos empreendedores.

Bellino também é um dos nomes que estreiam a nova linha de cursos mais aspiracionais da Exame Academy, o Exame Lessons: ali ele aborda o tema negociação, ou melhor, como compartilhar os seus sonhos e fazer com que outras pessoas também acreditem nele para que as oportunidades que surgem ao longo de nossa vida sejam realmente aproveitadas.

Além de conduzir a Elite, a agência responsável pelos principais nomes das passarelas internacionais que saíram do Brasil, incluindo a übermodel Gisele Bündchen, Bellino sempre soube se manter onde está o burburinho. Ou estava promovendo o agito, ou fazia parte dele. Foi ele quem trouxe para cá, por exemplo, a bem-sucedida campanha de prevenção ao Câncer de Mama — a da camiseta, lembram?

Depois, tornou-se sócio de Donald Trump — ele mesmo! — em um empreendimento imobiliário que acabou nunca erguido, mas rendeu-lhe louros e mais louros, além de alguma liquidez ao passar sua parte para frente. A história de que Trump lhe deu apenas 3 minutos para apresentar sua ideia virou livro best-seller, tema de palestra motivacional (que ele fazia com a jaqueta da DHL) e depois, o gancho para curso. Foi a partir de 2016 que Bellino se deu o novo título, de “acelerador de pessoas”.

A agência de modelos, vendeu em 1995, quando a Elite deixou de ser uma sociedade entre Casablancas, ele e Nelson Alvarenga, para se tornar uma franquia da rede americana.

Há três anos, vive em Sintra, em Portugal. Antes disso, passou 11 anos na Flórida, nos Estados Unidos. Foi lá que fez as primeiras edições do curso dentro que chama de “Escola da Vida”. O objetivo do curso, além de atualizações sobre o universo dos negócios, é basicamente ensinar as pessoas a se descobrirem e, com isso, se aperfeiçoarem para empreender. O projeto vendeu 15 vagas na primeira edição, por US$ 14 mil, por uma temporada de uma semana.

Na segunda, em Barcelona, na Espanha, o tíquete subiu para US$ 30 mil e a turma cresceu para 25 pessoas. “Todos brasileiros”, conta. De lá para cá, faz edições esporádicas, incluindo como locação uma vila no norte da Itália chamada Bellino. Ele é dessas figuras que está sempre topando com a sorte. Ou melhor, de olhos abertos para, sempre que ela passa, nunca desperdiçar.

Cheio de histórias e vivências, com um papo para lá e animado, Bellino tem uma rede de contatos de fazer inveja. É com ela que vai começar a compor o programa do próximo curso.

Essa próxima empreitada  quer reunir 60 grandes nomes, com mais de 60 anos (vale começar com 55, como ele), para fomentar o empreendedorismo em aulas magnas, com 10 lições de vida. Na visão de Bellino, pessoas que se conhecem melhor, fazem negócios melhores. E se conhecer incluir ter clareza de seus talentos, mas encontrar também o seu propósito.

Esse, acredita, é o segredo do sucesso. O curso é voltado tanto para jovens, como para pessoas mais maduras. “Não há restrição de idade. Nem faria sentido.”A ideia é que profissionais de diversas áreas, do mundo dos negócios e até das artes, compartilhem sua noção de sucesso e de propósito, em dez lições.

Os nomes na lista

“Sucesso não é dinheiro. E, para mim, a felicidade precede o sucesso. Se você não for feliz, não vai atingir o sucesso.” Esse é o mantra de Bellino.  O empresário e mentor gosta de recorrer a cena de um filme para explicar o que preenche a vida. Ainda que não tenha alcançado os 60, ele já tem seu palpite sobre lições importantes.

O filme em questão, que ele assistiu na companhia de Casablancas, no Rio de Janeiro, é de 2007. Em português, recebeu o título “Antes de Partir”. Na estória dirigida por Rob Reiner, os atores Jack Nicholson e Morgan Freeman, um rico e outro humilde, são pacientes terminais de câncer e decidem se lançar nas últimas aventures, a fim de realizar uma lista de desejos.

Em determinado momento, em uma cena em cima da Pirâmide do Egito, o personagem de Morgan Freeman conta ao de Nicholson que, no Egito antigo, para garantir o acesso a um reino superior, os anciãos precisavam responder a duas perguntas: se tiveram alegria e experimentaram a felicidade em vida e se conseguiram trazer alegria e felicidade a vida de outra pessoa.

“Essa é a missão da escola da vida!” Para Bellino, a noção de sucesso atualmente está muito “prostituída e canibalizada”. Daí, a enorme importância de dar significado a tudo isso, de ter propósito. E, para ele, ninguém melhor para ensinar tudo isso do que os bem-vividos.

Entre os nomes que darão as aulas magnas já estão decididos Chaim Zaher (fundador do grupo educacional SEC), Antônio Carbonari Netto (fundador da Anhanguera Educacional), Carlos Wizard (fundador da Wizard e dono do grupo Multi Holding), Geraldo Rufino (JR Diesel) e o maestro João Carlos Martins, que dispensa apresentações.

O formulário da pré-matrícula está disponível no site http://www.escoladavida.com.br. O valor do curso é de R$ 1.074,00 em 12 parcelas de R$ 89,50. O pacote inclui as 60 aulas sobre sucesso e propósito, uma programação de ‘aceleração de pessoas’, biblioteca com 10 ebooks e 5 audio books, um teste de perfil 360° e uma camiseta da AACD, Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.