Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

Embraer suspende serviços para clientes afetados por sanções à Rússia

Fabricante brasileira de aviões afirmou em comunicado à imprensa que monitora a situação e que seguirá cumprindo sanções internacionais
 (Aly Song/Reuters)
(Aly Song/Reuters)
R
Reuters

Publicado em 03/03/2022 às 12:26.

Última atualização em 03/03/2022 às 12:47.

A Embraer suspendeu serviços de peças, manutenção e suporte técnico para clientes alvos de sanções internacionais, diante da invasão das tropas russas à Ucrânia, afirmou a companhia nesta quinta-feira

A empresa afirmou em comunicado à imprensa que "está monitorando de perto a evolução da situação e vem cumprindo, e continuará cumprindo, as sanções internacionais impostas à Rússia e a certas regiões da Ucrânia".

A Embraer não forneceu mais detalhes sobre a suspensão dos serviços. Nos últimos dias, algumas das maiores empresas ocidentais, de Boeing e Exxon Mobil à Ford e Adidas, suspenderam operações na Rússia por conta das sanções impostas por Estados Unidos e União Europeia.

VEJA TAMBÉM:

Entenda por que ricos da Rússia trocaram rublos por relógios e joias

Putin diz a Macron que Rússia pode aumentar exigências sobre Ucrânia

Guerra pode deixar o pão mais caro? Preço do trigo é o maior desde 2008

Apple, BP, Ford... Reputação foi decisiva para empresas saírem da Rússia