Embraer reverte prejuízo e lucra R$ 351 mi no trimestre

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) totalizou R$ 442,6 milhões no terceiro trimestre de 2017

São Paulo - A Embraer encerrou o terceiro trimestre de 2017 com um lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 351,0 milhões, revertendo o prejuízo líquido de R$ 111,4 milhões no mesmo período do ano passado.

Com isso, a fabricante de aeronaves soma lucro líquido atribuído aos acionistas de R$ 678,6 milhões nos primeiros nove meses de 2017, ante R$ 62,9 milhões negativos registrados há um ano.

Já no critério ajustado, excluindo o imposto de renda e a contribuição social diferidos no período, a Embraer contabilizou lucro líquido ajustado de R$ 237,9 milhões entre julho e setembro, o que corresponde a um aumento de 90,0% em relação aos R$ 125,2 milhões anotados no mesmo intervalo de 2016.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações) totalizou R$ 442,6 milhões no terceiro trimestre de 2017, mais do que dobrando em relação aos R$ 174,0 milhões registrados há um ano.

A margem Ebitda, por sua vez, ficou em 10,7%, o que corresponde a um avanço de 7,2 pontos percentuais (p.p.) frente ao terceiro trimestre de 2016.

Já o Ebitda ajustado atingiu R$ 454,0 milhões, 21,2% abaixo dos R$ 576,4 milhões verificados entre julho e setembro de 2016. A margem Ebitda ajustada ficou em 11,0%, ante margem de 11,7% na mesma comparação.

O resultado operacional (Ebit) também correspondeu a uma reversão do número negativo anotado no terceiro trimestre do ano passado, passando de R$ 96,4 milhões negativos para R$ 206,9 milhões. A margem Ebit subiu dos -2,0% para 5,0%.

O Ebit ajustado, por sua vez, recuou 28,7% na base anual, atingindo R$ 218,3 milhões entre julho e setembro de 2017, ante os R$ 306,0 milhões registrados há um ano.

A margem Ebit ajustada no trimestre ficou em 5,3%, queda de 0,9 p.p. na base anual. Em informe de resultados, a Embraer explica que as margens Ebitda e Ebit ajustadas excluem o impacto negativo não recorrente de R$ 11,4 milhões no terceiro trimestre de 2017.

A receita líquida caiu 16,0% entre os períodos, passando de R$ 4,913 bilhões no terceiro trimestre do ano passado para R$ 4,144 bilhões no mesmo intervalo deste ano. No acumulado em nove meses somou R$ 13,058 bilhões, 11,0% menor que a de janeiro a setembro de 2016.

Em seu informe de resultados, a Embraer reiterou todas as suas estimativas financeiras e de entregas para 2017.

Receita

A Embraer anuncia projeções (guidance) para 2018. A previsão da companhia é de entregar 85 a 95 jatos comerciais, e 105 a 125

jatos executivos, incluindo jatos executivos leves e grandes.

O guidance para receita consolidada é de US$ 5,3 bilhões a US$ 6,0 bilhões. O resultado operacional (Ebit) esperado é de US$ 265 milhões a US$ 360 milhões, com margem Ebit de 5,0% a 6,0% em 2018.

"Como resultado das estimativas de receita e lucro operacional, assim como

outros fatores como o nível de investimentos e capital de giro, a Companhia antecipa em 2018 um consumo de Fluxo de caixa livre de no máximo US$ 150 milhões", diz ainda o comunicado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.